Confira os clubes que correm risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro

As últimas partidas do Brasileirão 2021 prometem ser eletrizantes. Isso porque, restando três rodadas para o fim do torneio, a briga contra o rebaixamento continua pegando fogo. A seguir, o SBT Sports destaca o que está em jogo na parte de baixo da tabela nesta reta final de campeonato.

A Chapecoense está rebaixada, e o Sport só se salva com um milagre muito improvável. Com isso, resta saber quem preencherá as duas vagas restantes para a Série B.

O Grêmio é quem tem mais chances de cair: 96%, segundo o site Infobola. O Imortal ocupa a 18ª colocação, com 36 pontos. Além de precisar vencer São Paulo, Corinthians e Atlético-MG na reta final, a equipe gaúcha terá de torcer pelo tropeço de seus principais adversários: Bahia e Juventude.

Falando neles, os times tricolor e alviverde possuem os mesmos 40 pontos na tabela, mas é a equipe de Caxias do Sul quem corre menos risco de queda: 33%. Isso porque o Juventude tem um jogo a menos. Portanto, um simples empate com o Bragantino, nesta terça-feira (30), já o coloca à frente do Bahia, que, sendo ultrapassado, não dependerá mais de si para permanecer na elite do Campeonato Brasileiro. A chance de queda dos baianos é de 44%.

Apesar de mais aliviados, ainda correm o risco de cair: Athletico-PR (13%), Atlético-GO (7%), Cuiabá (5%), São Paulo (2%) e Santos (1%).

Veja os próximos confrontos dos times que ainda têm chances de rebaixamento:

Grêmio – 96% de risco de queda

  • 02/12: São Paulo, em Porto Alegre
  • 05/12: Corinthians, na Neo Química Arena
  • 09/12: Atlético-MG, em Porto Alegre

Bahia – 44% de risco de queda

  • 02/12: Atlético-MG, na Arena Fonte Nova
  • 05/12: Fluminense, na Arena Fonte Nova
  • 09/12: Fortaleza, no Castelão

Juventude – 33% de risco de queda

  • 30/11: Bragantino, no Alfredo Jaconi
  • 03/12: Fortaleza, no Castelão
  • 06/12: São Paulo, no Morumbi
  • 09/12: Corinthians, no Alfredo Jaconi 

Athletico-PR – 13% de risco de queda

  • 03/12: Cuiabá, na Arena da Baixada
  • 06/12: Palmeiras, na Arena da Baixada
  • 09/12: Sport, na Arena Pernambuco

Atlético-GO – 7% de risco de queda

  • 03/12: Chapecoense, na Arena Condá 
  • 06/12: Internacional, no Beira-Rio 
  • 09/12: Flamengo, no Antônio Accioly

Cuiabá – 5% de risco de queda

  • 30/11: Palmeiras, na Arena Pantanal 
  • 03/12: Athletico-PR, na Arena da Baixada 
  • 06/12: Fortaleza, na Arena Pantanal 
  • 09/12: Santos, na Vila Belmiro

São Paulo – 2% de risco de queda

  • 02/12: Grêmio, em Porto Alegre 
  • 06/12: Juventude, no Alfredo Jaconi 
  • 09/12: América-MG, no Independência

Santos – 1% de risco de queda

  •  06/12: Flamengo, no Maracanã
  • 09/12: Cuiabá, na Vila Belmiro

Informações do SBT Sports