Corinthians nega conversas com Cavani, mas destaca: “Tudo é possível”

Os dirigentes do Corinthians concederam entrevista coletiva nesta terça-feira (14) e confirmaram que o clube busca por um centroavante. No entanto, Roberto de Andrade e Alessandro Nunes negaram que haja negociações com Cavani, do Manchester United.

O jogador de 34 anos foi elogiado pela dupla, que não descartou a possibilidade de contratá-lo. “A realidade é assim: o Corinthians busca um camisa 9, todo mundo sabe disso, e esses nomes não foram colocados por nós. São grandes atletas do mundo, não tivemos nenhum contato com o Cavani, muito menos com o Suárez. Mas não podemos subestimar o Corinthians”, disse Roberto de Andrade.

O diretor de futebol do Timão relembrou o caso do meia Willian. “Todo mundo falava que era impossível pelo que ele ganhava na Europa, e deu certo. Mas são grandes nomes que monitoramos, outros também que estão em final de contrato, o que torna mais fácil. Mas desses nomes citados não tivemos conversa com ninguém, não sabemos se eles têm vontade de jogar no Brasil”, prosseguiu.

“Não tivemos nenhum contato com ele (Cavani), não sabemos de onde surgiu. Mas não descartamos ninguém, tudo é possível. O máximo que pode acontecer é descobrirmos que não temos condições. Não vamos criar expectativa enganosa ao torcedor, porque pode ser que isso não avance de forma nenhuma”, concluiu o dirigente.

O gerente de futebol Alessandro Nunes reiterou o discurso. “Como nosso diretor muito bem disse, não houve nenhuma situação que pudéssemos estar trazendo. Buscamos um atleta nesse setor, temos somente o Jô, único com característica de nove de ofício, tentamos outras situações que não funcionaram bem, como o Róger Guedes, precisamos de mais atletas ali para uma temporada de quatro competições”, pontuou.

Nesta segunda-feira, o comentarista do Arena SBT Emerson Sheik confirmou que o Corinthians tenta a contratação de Cavani, mas as exigências feitas pelo jogador agradam o clube. O uruguaio, que tem vínculo com o United até o meio do próximo ano, pede um contrato de três anos para reforçar a equipe.

Informações do SBT Sports