Coritiba e Athletico enfrentam times que estão na briga pelo título

Athletico e Coritiba mais longe dos objetivos para reta final do Brasileirão, faltam 7 rodadas para o fim do campeonato, o Coxa está seis pontos atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento e o Furacão também tem 6 pontos de distância só que para o primeiro time de um eventual G8. 

“Nós temos que melhorar muito esse último terço, profundidade, ser mais agudo, mais contundente, trabalhar mais dentro da área do adversário” afirmou Paulo Autuori, técnico do Athletico. 

“Nós tivemos o mesmo padrão de jogo, a mesma postura tática, então a gente vem mantendo um padrão de jogo, uma equipe que se tornou mais sólida defensivamente.” afirmou Júlio Sérgio, auxiliar técnico do Coritiba. 

No meio de semana, os rivais enfrentaram adversários onde poderiam se ajudar mutuamente, ninguém conseguiu um resultado muito bom. Agora no final de semana a dupla atletiba pode influir no título do Brasileirão. Amanhã no Morumbi, o Coritiba encara o ex-líder São Paulo em crise depois da goleada sofrida diante do Internacional, o time Paulista busca se manter na disputa pela ponta.  

“Um campeonato muito equilibrado, mas as equipes acertam e erram durante a competição, eu acredito que nós devolvemos a esperança ao torcedor são-paulino de poder estar competindo pelo novamente pelo pelo Campeonato Brasileiro. Oscilamos agora como qualquer outro time e acabamos perdendo a liderança, isso não quer dizer que estamos fora da briga pela competição, muito pelo contrário.” Afirmou Dani Alves, meio campo do São Paulo.

No Coxa, o técnico Gustavo Morínigo segue cumprindo o isolamento por conta na covid-19. O auxiliar Júlio Sérgio dirige a equipe mais uma vez.

A moral dos jogadores está subindo cada vez mais, os jogadores têm mais confiança para fazer as coisas, eles estão vendo que são capazes, tão correndo, tão entendendo aquilo que está sendo proposto dentro de uma estratégia, de um condição tática e técnica.” Afirmou o auxiliar técnico do Coritiba

Domingo na Arena da Baixada, o Furacão recebe o Flamengo que vem embalado pela vitória em cima do Palmeiras. Depois de uma série invicta de cinco jogos, o Athletico perdeu e jogou mal contra o Bahia, se ainda quiser sonhar com Libertadores precisa vencer o Flamengo. 

“O nosso sonho é fazer com que a equipe cresça pro final da temporada já que a temporada não acaba né, ela continua, então nosso objetivo é esse, ir o mais longe possível.” afirmou o técnico do Athletico.

O campeonato afunila cada vez mais e Athleticano e Coxas-Brancas ainda sonham que as metas podem ser atingidas no fim da temporada.