Coritiba e Paraná passam por reconstrução já o Athletico segue sem poder contratar

Reformulação é essa palavra que move Coritiba e Paraná no mercado da bola, os rebaixamentos das duas equipes fizeram com que os clubes repensassem sobre seus elencos, colocasse a mão na massa para construir um novo 2021, agora dentro de uma nova realidade.

Na gestão do presidente Renato Follador que assumiu o Coxa há poucos meses, vem aí uma elenco diferente, mais barato, econômico, dentro daquelas oportunidades de mercado que todo dirigente gosta de aproveitar, já são 10 contratações e duas delas mexeram com a memória e a emoção do torcedor coxa-branca.

O volante Willian Farias e o Robinho estão de volta ao Verdão com contratos até 2022, e a missão de resgatar a autoestima do torcedor que sofreu com o rebaixamento.

“Se fosse por dinheiro, se fosse por o campeonato eu não iria voltar realmente que eu tive proposta da série A, até de clube que vai jogar Libertadores, mas eu sempre gostei do Coxa, Minha família gosta do Coxa, eu tô perto da minha família, é o projeto que eles me apresentaram é muito legal, é muito bonito, que se sair do papel vai ser algo espetacular para o Coritiba.” Afirmou o meia Robinho, que está voltando ao Alto da Glória.

E para animar a torcida tem também o artilheiro Léo Gamalho, aquele centroavante experiente que o torcedor quer ver muitas vezes, balançando as redes nesta temporada. O Coxa também tem a turma Aqui deixou o clube, Hugo Moura e Sarrafiore tiveram os empréstimos encerrados, o goleiro Muralha foi para o Mirassol e o atacante Robson com patamar de salário que foge da nova realidade do clube, partiu para o Fortaleza.

Agora a expectativa fica por conta de quando o torcedor do Coritiba vai poder ver os novos reforços de 2021 em campo, ao todo já são 10 contratações e a maioria delas já está disponível para atuar.

E no Tricolor o reforço de peso extra Campo não para por aí, de atacante para atacante Saulo de Freitas, o tigre da Vila também foi contratado para compor a comissão técnica e duplar com Maurílio nas funções fora das quatro linhas, ô saudade dos anos 90 hein torcedor tricolor. 

Agora falando de quem vai jogar,19. eu disse 19 contratações para 2021, quase dois times contratados para esta temporada. Para resumir pra vocês têm até o uruguaio na parada, é o meio Max Rodrigues de 30 anos e que chegou ao clube semana passada, tem campeão da Série C também Hugo Sánchez atacante que vem do Vila Nova e o zagueiro que garantiu o acesso da C para B Jefferson que estava no Londrina, 11 dos 19 atletas já têm passagens pela Série C e a experiência que o clube precisa para competição.

Coritiba e Paraná mergulhados no mercado do futebol, e a gente só não falou do Athletico ainda porque o furacão é um capítulo a parte nesse mundo de contratações. O time rubro-negro está proibido de contratar em razão de uma punição imposta pela FIFA lá do caso Rony. Essa punição vai até metade do ano, agora em março que o furacão vai tentar um recurso na corte arbitral do esporte, mas por enquanto zero contratações. 

Dá para pensar só em trazer um técnico, aliás Paulo Autuori diretor técnico do clube está em busca desse comandante. As apostas estão aí quem for solteiro nessas contratações vai se dar melhor em 2021.