Coritiba perde para o Ceará e fecha campanha em casa com recorde negativo

Despedida melancólica do último jogo em casa no Brasileirão mais uma derrota do já rebaixado Coritiba. 

“Incomoda, dói, mas temos que ter a cabeça fria, o coração quente como se diz. Tratar de pensar bem, analisar bem os jogadores, estamos em uma etapa de transformação rápida pelo tempo que temos e temos que tomar as melhores decisões.” Afirmou Gustavo Morínigo, técnico do Coritiba.

Contra o Ceará, o primeiro tempo do Coxa até surpreendeu, foram dois gols anulados pelo VAR, um com o Matheus Oliveira que estava impedido e em outro quando Neílton fez um golaço, mas no início da jogada a bola tinha saído em escanteio para o Coxa. Teve gol perdido pelo Robson e grande defesa do goleiro Arthur, mas o gol que valesse não saiu e o segundo tempo foi bem diferente, a única semelhança foi mais um gol perdido pelo Robson.

Por outro lado, Felipe Vizeu recebeu na área e fuzilou para abrir o placar. De novo Vizeu obrigou o Arthur a fazer milagre em um chute à queima roupa, só dava Ceará. E depois da linda troca de passe, Pedro Naressi deixou de calcanhar para o Saulo Mineiro marcar um golaço. Se para o Coxa era mais um amistoso, para o Vozão Cearense valeu a classificação para a Copa Sul-Americana. 

“Foram dois tempos diferentes, o primeiro tempo com muito domínio nosso, mas não podemos abrir vantagem também no segundo tempo, mas eles encontraram o gol e a partir do gol eles começaram a fazer seu jogo de contra-ataque.” Afirmou Gustavo Morínigo, técnico do Coritiba.

O adeus do Coxa na trágica campanha de volta para segunda divisão vai ser na última rodada quinta-feira contra o Atlético Goianiense fora de casa, agora em jogos aqui no Couto Pereira o time se despediu com essa derrota para o Ceará e terminou de decretar um vexame: a pior campanha da história do clube como mandante do Brasileirão, em 19 jogos apenas 4 vitórias 6 empates e 9 derrotas.

“Fizemos a pior campanha, mas eu creio que é muito visível a força que tem a torcida do Coritiba, com torcida isso não aconteceria, acreditamos que tem uma importância gigante para a gente, para os jogadores por suposto.” Afirmou Gustavo Morínigo, técnico do Coritiba.

O Paranaense 2021 já começa no próximo fim de semana e tudo que a torcida coxa-branca quer é esquecer a temporada que está acabando.