Em noite apática, Paraná perde mais uma e vê o rebaixamento mais perto

No fim do jogo, o retrato dos opostos, comemoração do Cuiabá quase certo na Série A e melancolia do Paraná muito perto da série C. 

“Não é de hoje que o Paraná vem enfrentando problemas né, a consequência é chegar no final da competição, da maneira como tá chegando.” afirmou o técnico do Paraná, Márcio Coelho. 

Contra o terceiro colocado do campeonato, o Tricolor até começou criando oportunidade, mas logo a qualidade do Cuiabá prevaleceu, Lucas Ramon cruzou e Elvis completou. Os jogadores do Paraná se abalaram completamente. No segundo tempo quando o time buscava o empate, veio golpe fatal, Yago ampliou para o Dourado, e os Paranistas terminaram o jogo completamente entregue 

“O futebol ele acaba gerando esse tipo de situações de pressão e quando no clube grande como o Paraná, está na iminência de sofrer um rebaixamento é lógico que as cobranças vão vir.” disse Márcio Coelho em entrevista coletiva. 

Mais uma vez os resultados paralelos ajudaram, mas o Paraná não se ajuda não fez a parte dele de novo foi dominado pelo Cuiabá, derrotado em casa está muito mais próximo da terceira divisão. 

Hoje o Vitória contra o Guarani e o Náutico contra o Oeste, se vencerem deixam um rebaixamento no Paraná por um triz. 

“Não tem ainda toalha jogada, não vou desistir, enquanto houver alguma possibilidade a gente vai lutar até o final” afirmou Márcio Coelho, técnico do Paraná.