Fim de semana tem resultado histórico na ginástica artística e volta de Luisa Stefani com título

O final de semana foi de ótimos resultados esportivos para o Brasil. De volta às quadras, a tenista Luisa Stefani foi campeã de duplas do WTA de Chennai ao lado da canadense Gabriela Dabrowski. Na Bulgária, a Ginástica Rítmica novamente fez história no Mundial de Sófia ao conquistar a quarta colocação. 

No judô, o Brasil garantiu sete medalhas no Open Pan-americano, disputado em Lima, no Peru, sendo duas de ouro, duas de prata e três bronzes. E para fechar, teve ainda medalha de ouro de Thiago Braz no Campeonato Italiano de Atletismo, em Brescia.

Confira os resultados dos atletas brasileiros no fim de semana:

Luisa Stefani volta com tudo

A brasileira Luisa Stefani coroou seu retorno às quadras da melhor maneira possível. Neste domingo, 18, após um ano fora devido à grave lesão no joelho direito, a tenista sagrou-se campeã do WTA 250 de Chennai, na Índia. 

Luisa e a canadense Gabriela Dabrowski superaram a russa Anna Blinkova e a georgiana Natela Dzalamidze por 2 a 0, parciais de 6/1 e 6/2, em apenas 57 minutos.

Na próxima semana, Luisa Stefani disputará o WTA 500 de Tóquio, ao lado da japonesa Ena Shibahara. 

Resultado histórico na Ginástica Rítmica

A Ginástica Rítmica novamente fez história no Mundial de Sófia, na Bulgária. Neste domingo, 18, o grupo comandado por Camila Ferezin alcançou seu melhor resultado na história de suas participações na competição: a quarta colocação, bem perto do pódio. O Brasil conseguiu a nota 33.350, a menos de meio ponto da Espanha, que conseguiu a terceira posição.

Antes de Sófia, o melhor resultado do Brasil numa série específica (simples ou mista) havia sido o sétimo lugar registrado na série simples (cinco bolas) do Mundial de Kitakyushu, no Japão, no ano passado.

Para se ter uma ideia da importância do resultado, o Brasil deixou para trás a Bulgária, atual campeã olímpica, e mais dois finalistas nos Jogos de 2020: a China, quarta colocada em Tóquio, e o Japão, oitavo.

Judô garante sete medalhas no Open Pan-Americano

A seleção brasileira de judô conquistou ótimos resultados no Open Pan-Americano de Judô, realizado em Lima, no Peru, neste final de semana. Sete judocas subiram ao pódio e conquistaram medalhas na competição. 

Tiago Palmini (+100kg) e Renan Torres (-66kg) venceram todas as lutas e ficaram com a medalha de ouro. Os atletas Ketleyn Quadros (-63kg) e Jeferson Santos (-73kg) garantiram a prata. Já Ryan Conceição (-60kg), Vinícius Ardina (-73kg) e Caio Brígida (-81kg) levaram para casa a medalha de bronze. 

Thiago Braz encerra temporada com título do Campeonato Italiano 

O brasileiro Thiago Braz encerrou, neste sábado, 17, a temporada de competições de 2022. O atleta conquistou o título do Campeonato Italiano de salto com vara, com a marca de 5,45m. 

Este ano Thiago Braz também conquistou a medalha de prata no salto em altura, no Mundial Indoor em pista coberta, em Belgrado, na Sérvia, e o quarto lugar no Mundial do Oregon, nos Estados Unidos.

Rayssa Leal e Luizinho são campeões do STU Recife

O Circuito Brasileiro de Skate (STU), encerrado neste domingo, 18, no Recife, teve Rayssa Leal como campeã da etapa. Gabi Mazzeto, que chegou a Pernambuco como líder do ranking, soube administrar a vantagem e levou o título brasileiro. Rayssa terminou no segundo lugar do ranking.

Luiz Francisco, o Luizinho, também venceu e se sagrou campeão nacional no Park. Já na final do Street masculino, João Lucas Alves sagrou-se bicampeão nacional, vencendo na última etapa.

Informações do Comitê Olímpico Brasileiro.