Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Reforço contratado em janeiro pode, enfim, estrear pelo Palmeiras

JOSÉ EDGAR DE MATOS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Palmeiras concedeu férias a 14 jogadores antes da última rodada do Campeonato Brasileiro. No domingo, diante do Vitória, no Barradão, atletas com pouco espaço durante a temporada e até mesmo das categorias de base estarão à disposição na despedida do técnico Cuca. Um deles, o volante Rodrigo, enfim poderá mostrar serviço.

Contratado no final de 2015 após se destacar no Brasileiro com a camisa do Goiás, Rodrigo chegou à Academia de Futebol valorizado; afinal, o Palmeiras disputou a contratação com o arquirrival São Paulo. A euforia, entretanto, se transformou em frustração.

Rodrigo é o único atleta do elenco sem qualquer minuto jogado durante a temporada. O meio-campista chegou a ser relacionado para sete partidas –cinco delas pelo Campeonato Brasileiro. A chance de entrar em campo, porém, pode vir na despedida da temporada.

Na avaliação da comissão técnica, o camisa 20 se encontrava abaixo dos concorrentes para a posição: os incontestáveis Moisés e Tchê Tchê, Thiago Santos, Gabriel, Arouca e Matheus Sales.

Deste grupo, Arouca e Moisés foram liberados para as férias, e a concorrência do camisa 20, consequentemente, diminuiu para a despedida da temporada 2016.

O volante de 22 anos deve iniciar a parida no banco de reservas; Cuca treinou com Tchê Tchê e Thiago Santos como titulares durante os dois trabalhos táticos da semana na Academia de Futebol.

Sob a expectativa de, enfim, estrear, Rodrigo terá em 2017 a última chance para convencer no Palmeiras. O clube alviverde tem a opção de compra do contrato de empréstimo que se encerrará no fim do próximo ano.