Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Athletico derrota o Cianorte, mas é eliminado da Taça Barcímio Sicupira

(Foto: Robson De Lazzari/Rede Massa) - Athletico derrota Cianorte, mas é eliminado da Taça Barcímio Sicupira
(Foto: Robson De Lazzari/Rede Massa)

Em uma tarefa difícil na busca pela classificação, o Athletico entrou em campo na tarde deste domingo (10) diante do Cianorte e, apesar de vencer por 1 a 0, não conseguiu avançar à semifinal da Taça Barcímio Sicupira. A primeira vitória em casa no Campeonato Paranaense veio pelos pés de Bruno Leite.  

Com o resultado, o Cianorte também deixou a classificação escapar. Desta forma, ambos os clubes terão um mês para se preparar para o segundo turno do campeonato, a Taça Dirceu Krüger.

Primeira etapa morna

A partida começou truncada e a primeira oportunidade para o Furacão só apareceu aos 7’, com Bergson mandando pela direita do gol após cobrança de falta. O duelo seguiu morno e sem grandes chances para ambos os times, que sofriam com falta de entrosamento e finalizações sem qualidade. O CAP voltou a aparecer aos 25’, com Lucas Halter mandando por cima do gol após cobrança de escanteio de Marquinho.

Sem levar nenhum perigo, a partida seguiu morna em um resultado ruim para ambos os clubes que, com um empate, anularia as chances de classificação para a semifinal da Taça Sucupira do Campeonato Paranaense.

Athletico abre o placar e domina o jogo

O Cianorte apareceu pela primeira vez na partida logo no primeiro minuto da segunda etapa, com Jovany cabeceando por cima do gol após Maurício desviar a cobrança de escanteio na primeira trave. O Furacão respondeu logo em seguida: ao receber o cruzamento, Poveda aproveitou a falha da zaga e bateu de primeira, por cima do gol dos visitantes. As equipes voltaram bem do intervalo e, aos 9’, o Cianorte obrigou o goleiro Léo a trabalhar após Filipe Ramon bater cruzado.

Quase que instantaneamente, o Athletico respondeu com Bruno Leite que, ao receber na área, limpou e bateu rasteiro direto para o fundo do gol do Cianorte. Com vantagem no placar, o Furacão começou a gostar do jogo e, aos 12’, Poveda apareceu em boa jogada individual. Porém, Demethryus adiantou muito e não conseguiu receber para finalizar o lance.

Sem encontrar reação do Cianorte, o CAP quase chegou ao segundo gol aos 24’, quando Bruno Leite encontrou Poveda pela direita. O atacante arrancou sozinho e cruzou para a área, mas não encontrou nenhum rubro-negro. A partida continuou com os donos da casa tentando encontrar mais um gol, que não veio.  

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo