Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Atlético goleia Chape por 5 a 1 na estreia do Brasileirão

(Foto: Miguel Locatelli/Site Oficial CAP) - Atlético goleia Chape por 5 a 1 na estreia do Brasileirão
(Foto: Miguel Locatelli/Site Oficial CAP)

Em seu primeiro jogo no Campeonato Brasileiro, o Furacão goleou a Chapecoense por 5 a 1, na noite deste domingo (15), na Arena da Baixada. Depois de 100 dias de treinamento, o técnico Fernando Diniz colocou em campo o time principal e mostrou trabalho. 

Se no primeiro tempo faltou efetividade, na segunda etapa o furacão sobrou e goleou a Chape.

Furacão domina, mas não é efetivo

Nos primeiros 45 minutos, o Atlético mostrou que os treinos da pré-temporada colaboraram para o preparo físico dos jogadores. Com intensidade, o furacão chegou a ter 82% da posse de bola e levou perigo ao gol de Jandrei em nove finalizações. Mesmo com o domínio do jogo e apenas oito passes errados, o Atlético não abriu o placar e ficou no zero a zero com a Chapecoense.

A equipe da casa quase marcou com um chute forte de Carleto, aos 12 minutos. A bola foi espalmada pelo goleiro e por pouco não entrou após sobrar para Ribamar. Aos 23 minutos, Ribamar recebeu cruzamento alto, dentro da área, mas se atrapalhou com Pablo e cabeceou fraco nas mãos de Jandrei. 

A pressão continuou até o final do primeiro tempo, com chutes de Ribamar, Nikão e Carleto que pararam no goleiro da Chape. No primeiro tempo, a vontade foi tanta que o atacante Ribamar perdeu dois dentes em um choque com o zagueiro Rafael Thyere.

Atlético desencanta e goleia a Chape

As duas equipes voltaram para a segunda etapa sem modificações. Se no primeiro tempo, o Atlético pressionou 45 minutos e não marcou, a Chapecoense abriu o placar em apenas três minutos, após falha do goleiro Santos. 

Em falta cobrada por Canteros, Wellington Paulista recebeu a bola, antecipou a saída do goleiro atleticano e marcou o gol.

Três minutos depois, Pablo recebeu cruzamento de Carleto, na pequena área, cabeceou com categoria, colocou a bola nas redes e começou a virada do Furacão. 

Com o gol, Fernando Diniz tirou Ribamar e colocou Éderson, que deu volume para o jogo. Aos 13 minutos da segunda etapa, depois uma cobrança de escanteio, a bola ficou solta na área e Nikão arrematou para dentro das redes.

Novamente, o Atlético dominou o jogo e ampliou a vantagem com Carleto, que cobrou falta com categoria e marcou seu primeiro com a camisa rubro-negra. No final da partida, aos 42 minutos, Matheus Rosseto recebeu na área, dominou no peito e mandou para as redes. 

Para confirmar a goleada, o baixinho Éderson aproveitou o contra-ataque e tocou para dentro das redes na saída do goleiro. O quinto gol do Furacão confirmou o resultado dos 100 dias de treinos e colocou o clube na liderança do Brasileirão.

Colaboração Mateus Bossoni

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo