Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Barcelona fica no 0 a 0 com o Lyon e deixa decisão da vaga aberta para a volta

(Foto: Reprodução) - Barcelona fica no 0 a 0 com o Lyon e deixa decisão da vaga aberta
(Foto: Reprodução)

O Barcelona visitou o Lyon nesta terça-feira, pelo confronto de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, e não passou de um empate por 0 a 0. Em um confronto movimentado na França, mas sem grandes oportunidades de gol, as equipes deixaram a decisão da vaga às quartas para a volta, dia 13 de março no Camp Nou.

Com Messi longe de seus melhores dias e Suárez somando mais um jogo a seu jejum de gols na Liga dos Campeões - ainda não marcou nesta edição do torneio -, o Barcelona teve suas principais chances em finalizações de fora da área. Já o Lyon tentou surpreender com uma postura ofensiva, principalmente no início, mas sentiu muito a falta do suspenso Fekhir.

O Barcelona se lançou ao ataque nos primeiros minutos, pressionou a saída de bola do Lyon, mas foi envolvido no bom toque de bola do Lyon, que assustou nos primeiros minutos em chutes de fora da área. Aos quatro, Aouar parou em boa defesa de Ter Stegen, que apareceu novamente aos oito, quando Terrier tentou. A bola ainda explodiu no travessão.

O jogo era bastante movimentado, e o Barcelona teve seu primeiro grande momento aos 14. Rakitic recebeu na entrada da área e finalizou à direita. Messi e Dembélé, pouco depois, também erraram o alvo. Só então as equipes diminuíram o ritmo e a disputa ficou no meio de campo.

Dembélé, aos 43, teve o último bom momento do Barça, mas novamente errou por pouco. O Lyon respondeu também de fora da área com Terrier, após linda troca de passe, mas o chute subiu demais.

O segundo tempo não teve o mesmo dinamismo do primeiro. O Lyon até teve bom momento no início, com Memphis Depay, mas logo o Barcelona cresceu. Suárez, em dia para esquecer, teve ótima chance aos 17, mas se enrolou com a bola e permitiu que a defesa o travasse.

Aos poucos, o time catalão dominou a posse e o campo de ataque, diante de um rival que parecia satisfeito com o empate, mesmo em casa. Se não criou grandes chances, o Barcelona exerceu uma pressão territorial nos minutos finais, sempre arriscando de fora. Suárez, Philippe Coutinho, Alba e Busquets tentaram, mas o goleiro Anthony Lopes e a falta de pontaria garantiram o empate.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo