Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Bolívia é punida por jogador irregular e perde quatro pontos nas Eliminatórias

- Bolívia é punida por jogador irregular e perde quatro pontos

A Fifa anunciou nesta terça-feira a punição à Bolívia pela escalação de um jogador irregular em duas partidas das Eliminatórias Sul-Americanas, contra Chile e Peru. De acordo com a entidade, a seleção boliviana foi declarada derrotada por 3 a 0 em ambas as partidas, decisão que afundou o país na busca por uma vaga na Copa do Mundo de 2018 e mudou a tabela.

A Bolívia havia somado quatro pontos nestas partidas: três na vitória por 2 a 0 sobre o Peru e mais um no empate por 0 a 0 com o Chile. O país manteve a penúltima colocação na tabela das Eliminatórias após a punição, mas viu sua pontuação cair pela metade: de oito para quatro pontos, à frente somente da Venezuela, que tem dois.

A situação boliviana ficou ainda pior porque o país que estava mais próximo dela era justamente o Peru, que tinha os mesmos oito pontos, com vantagem apenas no saldo de gols. Com a punição, no entanto, os peruanos saltaram para 11 pontos, abrindo uma vantagem de sete do oitavo para o nono colocado.

Mas quem foi realmente beneficiado com a punição foi o Chile. Os dois pontos ganhos com a determinação da Fifa fizeram o país saltar de sétimo para quinto, posição que hoje lhe daria a vaga na repescagem. Os chilenos subiram para os mesmo 16 pontos da Argentina, mas com vantagem nos critérios de desempate. Assim, os argentinos caíram para a sexta colocação, fora da zona de classificação até para a repescagem.

De acordo com a Fifa, a punição é fruto da escalação irregular do jogador Nelson Cabrera, nascido no Paraguai e que não teria os requisitos necessários para se naturalizar pela Bolívia. Além da perda de pontos, a Federação Boliviana de Futebol foi multada em 12 mil francos suíços (cerca de R$ 39 mil).