Brasileiros na Libertadores 2022 somam sete títulos, e Palmeiras pode virar único tetra

A fase de grupos da Copa Libertadores da América começa nesta terça-feira (5) com oito times brasileiros: Palmeiras, Corinthians, Flamengo, Atlético-MG, Athletico, Red Bull Bragantino, América-MG e Fortaleza. Juntos, eles somam sete títulos para o país.

O Palmeiras é tri e pode virar o único brasileiro tetra. Já o Flamengo tem dois títulos e busca se igualar aos maiores campeões do país: Palmeiras, Santos, São Paulo e Grêmio. Por fim, o Corinthians e Atlético-MG conquistaram a Libertadores uma vez na história.

O Athletico tentará seu primeiro título do principal torneio continental. Além disso, há três brasileiros estreantes na Libertadores: Red Bull Bragantino, América-MG e Fortaleza.

Nesta terça-feira, a partir das 21h15, o SBT transmite Always Ready x Corinthians para o estado de São Paulo e para as cidades de Curitiba, Londrina, Maringá e Ponta Grossa. Para os demais lugares, a transmissão será do duelo entre Sporting Cristal e Flamengo.

Também na terça, o Athletico visita o Caracas às 19h15. Na quarta às 19h, o Bragantino recebe o Nacional e o América-MG recebe o Independiente del Valle. Às 21h, o Palmeiras visita o Deportivo Táchira, e o Atlético-MG visita o Tolima. Na quinta-feira, o Fortaleza recebe o Colo-Colo às 19h.

Os brasileiros campeões da Libertadores:

  • 3 títulos: São Paulo (1992, 1993 e 2005), Santos (1962, 1963 e 2011), Grêmio (1983, 1995 e 2017) e Palmeiras (1999, 2020 e 2021).
  • 2 títulos: Cruzeiro (1976 e 1997), Internacional (2006 e 2010) e Flamengo (1981 e 2019).
  • 1 título: Vasco (1998), Corinthians (2012) e Atlético-MG (2013).

Os maiores campeões da Libertadores (outros países):

  • 7 títulos: Independiente (1964, 1965, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1984)
  • 6 títulos: Boca Juniors (1977, 1978, 2000, 2001, 2003 e 2007)
  • 5 títulos: Peñarol (1960, 1961, 1966, 1982 e 1987)
  • 4 títulos: Estudiantes (1968, 1969, 1970 e 2009) e River Plate (1986, 1996, 2015 e 2018)
  • 3 títulos: Olimpia (1979, 1990 e 2002) e Nacional-URU (1971, 1980 e 1988)

Informações do SBT Sports