Com gol no fim, Red Bull Bragantino bate o Fortaleza

Pela 18ª rodada do Brasileirão, Red Bull Bragantino e Fortaleza se enfrentaram nesta quarta-feira (20), no Nabi Abi Chedid, com o time da casa levando a melhor. Com gol já nos acréscimos, o Massa Bruta venceu o time cearense por 2 a 1.

Com o resultado, a equipe paulista chegou aos 27 pontos e aparece na oitava posição. O Leão, com 14, permanece no 19º lugar.

O jogo

O primeiro tempo do confronto em Bragança Paulista (SP) começou equilibrado entre Red Bull Bragantino e Fortaleza. Aos sete minutos, o Leão chegou com perigo quando Matheus Jussa recebeu de Moisés, se livrou da marcação e mandou para Silvio Romero. O atacante finalizou para o gol, mas a bola desviou para fora.

No minuto seguinte, mais uma boa chance: Matheus Vargas recebeu de Jussa, dominou e mandou de pé direito para defesa de Cleiton. O Massa Bruta também buscou o ataque e criou chances. Em uma delas, Miguel recebeu na intermediária, avançou livre e finalizou para defesa de Marcelo Boeck. Aos 26, Lucas Evangelista quase aproveitou sobra após cobrança de escanteio, mas encheu o pé e chutou para fora.

Nos instantes finais antes da saída para o intervalo, os donos da casa tiveram mais posse de bola e souberam transformar a vantagem em gol. Na marca dos 36, Lucas Evangelista recebeu lançamento no meio, dominou e chutou de fora da área para a meta defendida por Boeck. A bola desviou em Alerrando e entrou: 1 a 0.

O jogo seguiu com ritmo intenso na etapa complementar. O Massa Bruta quase ampliou aos quatro minutos, quando Artur finalizou bem e viu o goleiro adversário espalmar. No rebote, Brítez fez o corte para salvar o time cearense.

Logo depois, Miguel cobrou falta perigosa e, mais uma vez, Boeck espalmou. O Leão foi buscando espaço e chegou ao empate em jogada de bola parada. Aos 11 minutos, após cobrança de escanteio de Lucas Crispim pela esquerda, Brítez subiu bem e cabeceou para o fundo do gol: 1 a 1. Com o placar igualado, as equipes apertaram a marcação e apostaram em contra-ataques, mas sem criar chances claras de bola na rede.

Quando o confronto se encaminhava para o fim, já aos 49, Gabriel Novaes recebeu passe de Hurtado e finalizou de primeira para dar a vitória ao Bragantino: 2 a 1.