Corinthians mira série contra trio da degola para se recuperar no Brasileiro

São Paulo, 23 (AE) – O Corinthians realizou nesta sexta-feira seu segundo treinamento deste período de Data Fifa, na expectativa de conseguir mostrar um bom futebol durante a retomada do Brasileirão após a breve pausa de pouco mais de uma semana. Em busca de recuperação depois de cair na tabela, jogará nas próximas rodadas contra os atuais três últimos colocados do campeonato: Atlético-GO (19º), Cuiabá (18º) e Juventude (20º).

Nos três compromissos pelo Brasileiro antes da pausa, o time alvinegro não conseguiu nenhuma vitória. Perdeu para o América-MG e empatou com São Paulo e Internacional. No meio do caminho, venceu o Fluminense por 3 a 0 na volta da semifinal da Copa do Brasil e avançou à decisão, que tem o primeiro jogo marcado para o dia 12 de outubro, na Neo Química Arena.

Apesar da classificação para a final na Copa, o Corinthians frustrou um pouco o torcedor com uma queda considerável na tabela do Brasileirão. Durante a sequência sem vitória, caiu do terceiro para o quinto lugar, com 44 pontos. Há certa preocupação porque, caso o time não seja campeão diante do Flamengo, pode viver algum drama na briga pela vaga na Libertadores do ano que vem.

Por isso, é importante que a recuperação venha já na quarta-feira, contra o Atlético-GO. O duelo está marcado para as 19 horas, na Neo Química Arena. No treinamento desta sexta, o técnico Vítor Pereira promoveu uma atividade de passes e finalizações, antes de comandar um trabalho em campo reduzido e outro focado em situações ofensivas.

Os jogadores em transição após lesão, como Maycon, Júnior Moraes e Rafael Ramos, não receberam a folga entre segunda e quarta-feira dada ao restante do elenco e reforçaram a recuperação desde o início da semana. Por isso, podem reforçar o elenco nas próximas partida.s

Depois de enfrentar o Atlético-GO, o Corinthians volta à Neo Química Arena no dia 1º de outubro, quando enfrenta o Cuiabá, antes de viajar para Caxias do Sul, onde desafia o Juventude, dia 4. Em seguida, volta para São Paulo e recebe o Athletico-PR, dia 8, último jogo antes do primeiro encontro com o Flamengo pela Copa do Brasil.