Coritiba leva dois do Atlético-GO e perde mais uma fora de casa         

Diante do seu torcedor, o Atlético-GO desencantou no Brasileirão. Na tarde deste sábado (21), em confronto disputado no Antônio Accioly, o Dragão venceu o Coritiba por 2 a 0, pela sétima rodada da competição, e celebrou a primeira vitória no Campeonato.

Com a vitória, a equipe goiana chegou aos seis pontos, mas segue na zona de rebaixamento. enquanto o Coxa aparece na sexta posição, com dez pontos. A equipe paranaense continua sem vencer fora de casa no Brasileirão.

O jogo

As equipes protagonizaram um primeiro tempo bastante movimentado no Antônio Accioly. Atuando como mandante, o Dragão pressionou no início da partida e quase abriu o marcador, logo aos três minutos, em cabeçada de Wellington Rato, que parou no goleiro adversário.

Passados os dez minutos, o Coxa equilibrou as ações e também criou boas chances com Igor Paixão, Alef Manga e Léo Gamalho. De volta ao ataque, o Atlético assustou com Luiz Fernando e novamente com Wellington Rato. Enquanto, os visitantes responderam em mais duas tentativas de Igor Paixão.

A partir dos 30 minutos, os donos da casa retomaram o controle do jogo. Luiz Fernando, aos 34, teve mais uma chance. Assim como Wellington Rato, aos 37. No minuto seguinte, foi a vez de Jefferson arriscar para o Dragão. Até que, nos acréscimos, Hayner recebeu na direita e tocou para Jorginho no meio da área, o camisa 10 atleticano não pensou duas vezes e soltou o pé para fazer 1 a 0.

Depois do intervalo, o Coxa ensaiou uma pressão nos primeiros minutos da etapa complementar e teve chances de empatar. Willian Farias, aos três, viu Ronaldo fazer grande defesa. Na sequência, Léo Gamalho passou parto e Henrique por centímetros não conseguiu completar cabeçada de Luciano Castán, aos 16.

Aos poucos o duelo perdeu intensidade e somente, aos 33, o Coritiba voltou a assustar em finalização de Val. Mas na marca dos 40, o Verdão passou a jogar com um a menos, após expulsão de Henrique. Em vantagem numérica, o Atlético aproveitou os espaços e sacramentou a vitória com gol de Airton, aos 44.