Operário perde para o Vasco em casa e rebaixamento fica mais próximo

Na noite desta terça-feira (4), o Operário perdeu para o Vasco por 3 a 2 em um jogo de emoções no Germano Krüger. O Fantasma vencia o jogo até os 42′ do segundo tempo, mas levou a virada.

Com o resultado, o Operário permanece na 18º posição, com 91% de chances de cair para a Série C, segundo dados do Departamento de Matemática da UFMG.

O jogo

A partida começou morna, sem muitas chances. Aos 14′ minutos, o Fantasma acertou na construção das jogadas e chegou ao gol com o meia Reina, após cruzamento de Felipe Garcia. O jogo seguiu com o Vasco ineficiente nas jogadas, sem inspiração, e com o Operário sem aproveitar mais oportunidades.

No segundo tempo, o Gigante da Colina melhorou e empatou aos 18′, com Bruno Tubarão. Ele cobrou escanteio e, com o bate e rebate na área, a bola sobrou para o atacante e ele marcou.

O Fantasma sentiu o gol e teve muitas dificuldades. Um erro do Vasco, porém, resultou no segundo tento do time da casa: em cobrança de falta, o goleiro Thiago Rodrigues espalmou e a bola ficou com Paulo Victor, que chutou de fora da área e conseguiu o gol.

Tudo se encaminhava para a vitória do Operário, mas era o dia do meia Alex Teixeira desencantar no Cruzmaltino. Aos 43′, ele empatou o jogo novamente, após receber cruzamento na área e se antecipar à defesa; e aos 49′, ele recebeu novamente cruzamento, dessa vez pela esquerda, e só completou.

O Operário agora precisa de um milagre nas cinco partidas restantes para tentar escapar da Série C. No próximo sábado, o time enfrenta a Chapecoense fora de casa.