Com um a menos, Coritiba segura empate e garante vaga na final do Paranaense

O Coritiba conseguiu segurar o empate dentro de casa e garantiu a vaga na final do Campeonato Paranaense na tarde deste domingo (27). Jogando no Couto Pereira, o Coxa tinha a vantagem de poder empatar com o Athletico por ter vencido o jogo de ida, na Arena da Baixada, por 2 a 1. O time fez valer essa vantagem, segurou o empate em 1 a 1 mesmo com um jogador a menos e agora aguarda o vencedor de Maringá e Operário.

Mesmo com a vitória no primeiro jogo, quem saiu na frente no Couto Pereira foram os donos da casa. Alef Manga, grande nome da semifinal e autor dos três gols do Coritiba nas duas partidas, foi o responsável por abrir o placar. Aos 35 do primeiro tempo, o atacante tabelou com Thonny Anderson, avançou pela direita e bateu forte para superar Santos e colocar o Coritiba um pé na decisão do Paranaense.

O gol de empate foi marcado por Pablo, de pênalti – foi a primeira vez que o atacante balançou as redes em seu retorno ao Furacão. Dani Bolt tentou cruzar na área e a bola bateu no braço de William Farias. O jogador do Coxa recebeu o segundo amarelo e foi expulso, deixando o Coxa com um a menos justamente quando o Athletico conseguiu o gol de empate.

Os dois treinadores mexeram nos times na reta final e o Furacão chegou a criar boas chances de fazer o segundo e levar a disputa da vaga para os pênaltis, mas esbarrou na boa atuação de Alex Muralha. O Coritiba ameaçou nos contra-ataques, mas o placar permaneceu inalterado até o fim da partida.

Agora, o Coritiba aguarda o vencedor do confronto entre Maringá e Operário, que se enfrentam a partir das 18 horas deste domingo no estádio Willie Davids, na Cidade Canção.