Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Clubes homenageiam a Chapecoense no Couto Pereira; torcida emociona

O dia 7 de dezembro de 2016 ficará marcado para sempre. No dia em que seria disputado o último jogo da final da Copa Sul-Americana, entre Chapecoense e Atlético Nacional, da Colômbia, o Coritiba, que receberia a partida no estádio Couto Pereira, preparou uma homenagem aos jogadores, dirigentes, comissão técnica e jornalistas que morreram no trágico acidente de avião, que deixou 71 pessoas mortas, no último dia 29 de novembro. O Atlético Paranaense e o Paraná Clube também participam do evento e convocaram os torcedores a comparecer.

O evento começou às 20h30 e os mais de 30 mil torcedores fizeram uma festa que vai ficar marcada para sempre no esporte brasileiro e mundial.


Confira como foi o evento:

        

última atualização : 2016/12/07 21:54

        
          

listar por :           

          

↓          

          

↑          

                  
    

Evento é encerrado neste momento, mas torcedores continuam cantando.

O momento de luto passa, mas a emoção, a saudade e todo o sentimento de amor que os torcedores demonstram, ficará na história.

Após cada tiro disparado, aparece o nome de cada vítima do acidente. Torcida vibra, canta e emociona.

Mesmo sem poder entrar, torcedores não deixam os arredores do Couto Pereira.


Festa linda no Couto Pereira.

Torcida canta sem parar.


Torcedores acendem celulares, sinalizadores e cantam 'olê, olê, olê, Chape, Chape'.

Fogos sincronizados começam a ser disparados. Serão 71.

Luzes se apagam no Couto Pereira.

Momento emocionante no Couto Pereira. Respeito total.

Crianças estão com velas nas mãos e torcida faz um minuto de silêncio.

Cerimônia se aproxima do final. Movimentação começa para o pontapé inicial do que seria o início do jogo entre Chapecoense e Atlético Nacional.

Ninguém quer perder esse momento de emoção, carinho e solidariedade.

Arquibancadas tomadas, portões foram abertos, mesmo com a capacidade máxima ultrapassada.


Padre agradece o carinho. "Muchas Gracias, Brasil".

Padre colombiano neste momento vai se pronunciar. Torcida grita 'Colômbia, Colômbia'.

Torcedores não param de cantar. Momento único no esporte brasileiro.

Torcedores muito emocionados em todos os lugares do Couto Pereira.

Portões foram abertos novamente para que a torcida acompanhe a parte final da cerimônia.

carregar mais