Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Com 2 de Leandro Pereira, Chapecoense vence e empurra Sport para a zona da degola

(Foto: Sirli Freitas / ACF) - Chapecoense vence e empurra Sport para a zona da degola
(Foto: Sirli Freitas / ACF)

Com dois gols de Leandro Pereira, a Chapecoense venceu o Sport, por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, e voltou a respirar na tabela do Brasileirão. O triunfo na partida válida pela 36ª e antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro deixa a equipe catarinense fora da zona do rebaixamento.

Ex-Palmeiras, Leandro Pereira se destacou num jogo contra sua ex-equipe. Ele não teve uma boa passagem pelo Sport no primeiro semestre deste ano. Os dois gols aconteceram antes mesmo dos dez minutos iniciais. Depois disso, a Chapecoense apenas administrou a vantagem no placar.

O resultado na Arena Condá fez os papéis se inverterem na classificação. A Chapecoense chegou aos 40 pontos e subiu para a 16ª colocação, fora da zona da degola. Já o Sport estacionou nos 38 e caiu para o 17º lugar, entrando na zona de rebaixamento.

Nem mesmo o mais otimista da Chapecoense esperava um início tão arrasador. Logo aos quatro minutos, Leandro Pereira abriu o placar em cobrança de pênalti depois da bola ter batido na mão de Ernando dentro da área. Aos sete, Eduardo recebeu livre e cruzou na cabeça de Leandro Pereira, que desviou no cantinho de Maílson.

E o terceiro só não veio aos dez porque Adryelson cortou cruzamento de Márcio Araújo. Leandro Pereira só ia ter o trabalho de empurrar a bola. Aos 22, o artilheiro da noite recebeu lançamento de Eduardo e bateu por cobertura de Mailson, que conseguiu fazer a defesa parcial. No rebote, Ronaldo Alves tirou.

A primeira chegada com perigo do Sport veio aos 37 minutos. Matheus Gonçalves finalizou rasteiro e Douglas tirou quase em cima da linha. Aos 40, Amaral cabeceou e Mailson evitou o terceiro da Chapecoense. O goleiro rubro-negro ainda defendeu chute de Leandro Pereira.

O Sport voltou do intervalo com uma postura mais ofensiva - o meia Andrigo entrou no lugar do lateral Cláudio Winck - e a Chapecoense parecia disposta a matar o jogo no contra-ataque. E foi assim que quase saiu o terceiro gol. Canteros fez boa jogada individual e cruzou rasteiro. Elicarlos chegou batendo de primeira e mandou em cima de Mailson.

O time pernambucano foi mais eficiente em sua investida no ataque. Aos 22 minutos, Michel Bastos chutou forte, a bola acertou na trave e depois nas costas de Jandrei antes de entrar.

O clima de apreensão tomou conta da Arena Condá com o gol do Sport. E o empate quase veio em cabeçada de Hernane nas mãos de Jandrei. Depois do susto, a Chapecoense conseguiu segurar a importante vitória para festa dos pouco mais de 12 mil torcedores.

A Chapecoense volta a campo no próximo domingo, contra o Corinthians, às 19 horas, em São Paulo. O Sport vai enfrentar o São Paulo na segunda-feira, às 20 horas, no Morumbi. Os jogos são válidos pela penúltima rodada.

FICHA TÉCNICA:

CHAPECOENSE 2 x 1 SPORT

CHAPECOENSE - Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Alan Ruschel (Roberto); Amaral, Márcio Araújo e Canteros; Wellington Paulista, Diego Torres (Elicarlos) e Leandro Pereira (Bruno Silva). Técnico: Claudinei Oliveira.

SPORT - Mailson; Cláudio Winck (Andrigo), Adryelson, Ronaldo Alves e Ernando; Marcão Silva (Matheus Peixoto), Jair, Gabriel, Mateus Gonçalves (Marlone) e Michel Bastos; Hernane. Técnico: Milton Mendes.

GOLS - Leandro Pereira, aos 4 (pênalti) e aos 7 minutos do primeiro tempo. Michel Bastos, aos 22 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Diego Torres (Chapecoense).

ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (RS).

RENDA - R$ 187.190,00.

PÚBLICO - 12.384 pagantes.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo