Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Com belo gol de Valdívia, Inter bate o Cruzeiro e respira na luta contra a degola

(Foto: Divulgação)  - Inter bate o Cruzeiro e respira na luta contra degola
(Foto: Divulgação)

Forte candidato ao rebaixamento, o Internacional venceu o Cruzeiro por 1 a 0, neste domingo, em partida pela 37.ª rodada do Campeonato Brasileiro, disputada no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, e adiou para o próximo domingo, na 38.ª e última rodada da competição, a confirmação se vai ou não para a Série B no ano que vem.

Agora com 42 pontos, a equipe gaúcha alcançou o Vitória, que também luta para ficar na Série A. A diferença a favor da equipe baiana, que joga nesta segunda-feira contra o Coritiba, em Curitiba, está agora no saldo de gols (-2 a -6 em favor dos baianos). Com 44 pontos, o Sport também corre risco de descenso. Sem qualquer pretensão na reta final do Brasileirão, e afastado da possibilidade de ser rebaixado, o Cruzeiro permanece com 48 pontos.

A partida chegou a ser interrompida por cerca de dois minutos logo depois de iniciada por causa da fumaça em campo de sinalizadores de torcedores do Internacional. Aos cinco, o atacante uruguaio Nico López chutou rente à trave do goleiro mineiro. O clube gaúcho teve outra chance aos 12 em cabeçada de Rodrigo Dourado, também próxima à trave.

O Cruzeiro teve a primeira chance de marcar aos 22 minutos. Willian recebeu na área e escorou para Rafael Sóbis, que mandou para fora. A equipe mineira voltou a ameaçar dois minutos depois. Willian avançou pela direita e, com Alisson livre, optou por tentar o drible na marcação e se embolou com a bola.

Vitinho, aos 33 minutos, cabeceou próximo ao gol de Rafael, depois de cruzamento da direita de William. Em momento de pressão do Internacional, Alex cobrou falta cinco minutos depois e o goleiro Rafael se esticou para evitar o primeiro do Internacional.

O Cruzeiro tomou a iniciativa no retorno dos vestiários e Rafael Sóbis experimentou de longe aos 6 minutos - o goleiro Danilo Fernandes defendeu. Aos 10 minutos, trapalhada na área do time mineiro. Alex cobrou falta na área, Rafael se embolou com Ariel Cabral, mas se recuperou e conseguiu desviar a bola. A partida foi interrompida novamente aos 19 até que um drone mostrando flâmula com a letra "B" se afastasse do estádio.

Aos 30 minutos, o sofrimento do Internacional se transformou em alegria com um belo gol de Valdívia. O meia pegou a bola na entrada da área gaúcha e a levou por quase todo o campo em direção ao ataque. Deu um drible, ajeitou para o pé direita na entrada da área mineira e chutou colocado no canto direito de Rafael, que voou e não alcançou a bola.

Nos últimos minutos, o Cruzeiro perdeu duas chances incríveis para empatar. Aos 38, Robinho recebeu na marca do pênalti, mas errou o chute. Ábila perdeu outro gol em lance semelhante aos 44, batendo para fora.

Na última rodada do Brasileirão, no próximo domingo, o Cruzeiro recebe o Corinthians no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, às 17 horas. No mesmo dia e horário, o Internacional leva seu drama ao Rio e joga contra o Fluminense, no estádio do Maracanã.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 x 0 CRUZEIRO

INTERNACIONAL - Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Geferson (Vitinho); Rodrigo Dourado (Valdívia), Anselmo, Seijas (Ariel) Anderson e Alex; Nico López. Técnico: Lisca.

CRUZEIRO - Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel e Bryan (Edimar); Lucas Romero e Ariel Cabral (Ramón Ábila); Robinho, Alisson e Rafael Sóbis; Willian (Marcos Vinícius). Técnico: Mano Menezes.

GOL - Valdívia, aos 30 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Seijas (Internacional); Bryan, Manoel e Rafael (Cruzeiro).

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido de Souza (SP).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).