Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Com orçamento baixo para Série B, Guarani quer 'garimpar' jogadores na Série A2

Em meio à reformulação do elenco para a Série B do Campeonato Brasileiro, o Guarani passou a monitorar jogadores no interior do estado de São Paulo. Com um orçamento enxuto, o clube quer "garimpar" reforços de baixo investimento, mas com potencial para serem titulares com o técnico Vinícius Eutrópio. A primeira opção é o meia Carlos Alberto, que brigou pelo acesso com a Portuguesa Santista na Série A2 do Campeonato Paulista.

Com 24 anos, Carlos Alberto é formado nas categorias de base do Figueirense, mas já jogou no time de aspirantes do Santos e ano passado defendeu o Avaí na Série B do Brasileiro. O departamento de futebol do Guarani, encabeçado por Fumagalli, enxerga potencial no jogador, que fez cinco gols em 17 partidas com a Portuguesa Santista.

O Guarani conversa com a Santista para assinar um contrato de empréstimo até o final do ano - assim como foi com o Avaí em 2018. O time do litoral paulista entende que o meia tem muito potencial e quer usar a Série B como vitrine para o mercado. Eliminado nas quartas de final da Série A2, o clube não tem mais calendário para o segundo semestre.

Precisando reformular o elenco, o presidente Palmeron Mendes Filho já deixou claro que mais alguns jogadores ainda vão deixar o Brinco de Ouro. Até o momento, o lateral William Matheus, o volante Romisson e o atacante Thiago Ribeiro foram embora. Álvaro e Carlinhos, que têm contrato de empréstimo, estão negociando suas saídas.

O Guarani fará a sua estreia na Série B de 2019 no próximo dia 27, quando recebe o Figueirense, às 16h30, no Brinco de Ouro, em Campinas.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo