Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Com posições definidas, clube retoma planejamento após semana de luto

(Foto: Divulgação/Gilvan de Souza/Flamengo)  - Com posições definidas, clube retoma planejamento após semana de luto
(Foto: Divulgação/Gilvan de Souza/Flamengo)

VINICIUS CASTRO

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O mundo do futebol segue abalado pela tragédia com o avião da Chapecoense. As 71 mortes mobilizaram clubes espalhados pelos continentes e paralisaram o trabalho de praticamente todas as agremiações no Brasil. O Flamengo foi uma delas. O planejamento para 2017, no que diz respeito à montagem do elenco, foi suspenso. A retomada será a partir desta terça-feira (6).

Com todas as pessoas do futebol envolvidas direta ou indiretamente com o acidente, o Flamengo decretou luto e realizou uma missa em homenagem às vítimas na última segunda-feira (5). Mortos no desastre aéreo, o técnico Caio Junior, os atletas Arthur Maia, Cleber Santana e Marcelo -além do ex-jogador e comentarista Mário Sérgio- defenderam o clube rubro-negro.

A diretoria do clube carioca tem as posições definidas para reforçar o elenco em um ano de disputa da Copa Libertadores da América.

Quatro jogadores serão contratados. São eles: um lateral-esquerdo para a reserva de Jorge, já que Chiquinho deixa o clube; um volante; um meia para repor a saída de Alan Patrick; um atacante de lado de campo, a prioridade da comissão técnica.

A expectativa é a de que as conversas por reforços evoluam nos próximos dias, principalmente após o encerramento do Campeonato Brasileiro. O Flamengo busca contratações, mas sabe que também pode perder jogadores na janela de transferências.

O lateral Jorge é o principal alvo. Ele é sondado constantemente por clubes europeus e tem multa rescisória estipulada em 30 milhões de euros (cerca de R$ 110 milhões). A diretoria, no entanto, estuda aceitar ofertas pelo valor mínimo de 10 milhões de euros (cerca de R$ 37 milhões).

O atacante Leandro Damião mantém conversas para trocar o clube carioca pelo Corinthians, enquanto o futuro do goleiro Paulo Victor é uma incógnita.

Marcelo Cirino também costuma receber propostas, mas o momento longe dos holofotes pesa contra. Os dirigentes estudam com calma os passos seguintes.

Nos próximos dias, o tema renovação de contrato será tratado novamente. O zagueiro Juan já assinou a extensão do vínculo por um ano. Márcio Araújo acertou tudo com o Flamengo e firmará o novo compromisso por dois anos. A dúvida está por conta do atacante Emerson Sheik. A tendência ainda é que ele não tenha o contrato renovado.

Com a mudança do calendário e o atraso nas férias dos jogadores, a participação do time na Florida Cup de 2017 está em dúvida. As partes envolvidas tentam readequar os compromissos e anunciam em breve se o clube mais popular do país passará pelos Estados Unidos no início do próximo ano.

Ainda triste e abalado, o Flamengo coloca a casa em ordem depois de dias difíceis. A vida segue e o clube reúne forças para transformar o sonho de uma temporada de conquistas em realidade.