Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Com reservas e um a menos, Palmeiras empata com Grêmio e cai na Copa do Brasil

- Palmeiras empata com Grêmio e cai na Copa do Brasil

O Palmeiras está fora da Copa do Brasil. Com um jogador a menos desde os 20 minutos do segundo tempo - Allione foi expulso -, a equipe empatou por 1 a 1 com o Grêmio no Allianz Parque na noite desta quarta-feira (no jogo de ida, vitória gremista por 2 a 1). A expulsão foi decisiva para a classificação do time gaúcho, que escalou o time titular diante dos reservas palmeirenses e agora vai enfrentar o Cruzeiro. Nesta quinta-feira, a CBF define os mandos de campo das semifinais, que serão disputadas a partir da próxima semana.

A opção de Cuca pela escalação de jogadores reservas - só Gabriel Jesus atuou por estar suspenso para o jogo do final de semana pelo Campeonato Brasileiro - obviamente traria problemas de falta de entrosamento. Mas Cuca não esperava que eles fossem tão graves. O Palmeiras sentiu muita falta do jogo mais solto e criativo de Moisés e Tchê Tchê e também da versatilidade de Jean e Zé Roberto. Cleiton Xavier, grande esperança de criatividade, estava sem ritmo.

Curiosamente, o maior trunfo do Palmeiras em 2016 - seu estádio - acabou se tornando outra razão para a desclassificação. Diante de um gramado bastante prejudicado por causa da sequência de shows em setembro e outubro, com buracos e irregularidades, a equipe teve dificuldades para acertar passes e encadear jogadas. A equipe errou passes e sofreu muito para encadear as jogadas. No intervalo de jogo, o próprio Gabriel Jesus reconheceu que o gramado irregular prejudicou a equipe.

Com isso, restaram as jogadas de bola parada. E o treinador soube muito bem aproveitá-la, principalmente com jogadas ensaiadas. A principal chance do Palmeiras no primeiro tempo surgiu da cobrança de falta de Egídio em que Lucas Barrios subiu sozinho para acertar o travessão.

Gabriel Jesus teve poucas chances de ser protagonista. Escolhido como capitão da equipe pela primeira vez como uma premiação, de acordo com Cuca, o camisa 33 ficou espremido entre os zagueiros. Inicialmente, recebeu marcação individual do zagueiro argentino Kannemann. Tentou jogar pelos lados e foi caçado por Edílson.

O Grêmio armou uma muralha em sua defesa, quase literalmente. Várias finalizações de palmeirenses bateram em zagueiros antes de chegarem ao goleiro Bruno Grassi. A principal delas foi uma finalização de Allione que parou em Marcelo Oliveira.

O Palmeiras conseguiu superar o bloqueio com a bola parada. Após cobrança de escanteio, Thiago Santos ajeitou e Thiago Martins cabeceou de olhos abertos no ângulo para abrir o placar aos 6 minutos. Embora na reserva, Thiago Martins foi valorizado após a disputa da Série B pelo Paysandu no ano passado. Além de ser reaproveitado, teve seu empréstimo renovado até 2018. Foi seu quarto gol na temporada.

A esperança de classificação à semifinal, no entanto, durou apenas 14 minutos. Depois de um carrinho violento, Allione foi expulso. Com dez jogadores, o Palmeiras cedeu espaço para o Grêmio, que passou a dominar a partida. Aos 30 minutos, Everton, que havia substituído Pedro Rocha, fez boa jogada individual e empatou a partida. Silêncio no Allianz Parque. Nos minutos finais, o Palmeiras tentou o empate de maneira desorganizada, principalmente com o jogo aéreo, e o Grêmio esteve próximo de conseguir a virada.

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 x 1 GRÊMIO

PALMEIRAS - Jaílson; Fabiano (Jean), Edu Dracena, Thiago Martins e Egídio; Thiago Santos, Gabriel, Cleiton Xavier (Erik) e Allione; Barrios (Zé Roberto) e Gabriel Jesus. Técnico: Cuca.

GRÊMIO - Bruno Grassi (Léo); Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro (Bolaños) e Douglas; Pedro Rocha (Everton) e Luan. Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Thiago Martins, aos 6, e Éverton, aos 30 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Edílson, Douglas, Geromel, Edu Dracena, Éverton.

CARTÃO VERMELHO - Allione.

ÁRBITRO - Elmo Alves Resende Cunha (GO).

RENDA - R$ 1.697.841,00.

PÚBLICO - 20.991 pagantes.

LOCAL - Estádio Allianz Parque, em São Paulo (SP).