Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Com Rueda fora dos planos, Carille ganha força entre diretores

(Foto: Divulgação)  - Com Rueda fora dos planos, Carille ganha força entre diretores
(Foto: Divulgação)

RICARDO PERRONE

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Com o colombiano Reinaldo Rueda, do Atlético Nacional, fora dos planos, ganhou força na direção do Corinthians a ideia de começar o ano com Fábio Carille como treinador e ver se ele se firma no cargo. O nome do auxiliar técnico foi discutido pela cúpula do clube nesta quarta (21) e avaliado como uma boa opção diante da dificuldade dos cartolas em encontrar um substituto para Oswaldo de Oliveira.

Mas Marcelo Oliveira, procurado pelo alvinegro antes mesmo do desfecho negativo com Rueda, é outra opção.

Carille, porém, é visto como uma solução mais barata e simples, pois não seria necessário negociar com ele. Os dirigentes corintianos têm pressa para definir quem comandará o time.

Outros pontos a favor do auxiliar são o fato de ele conhecer bem o elenco e os jogadores das categorias de base. A ideia em 2017 é dar mais espaço aos jovens a fim de reduzir custos com contratações.

O auxiliar já era apontado por parte da diretoria e conselheiros como merecedor de uma chance logo que Tite trocou o Corinthians pela seleção brasileira, mas foi preterido por Cristóvão e Oswaldo.