Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Conselho Deliberativo do Santos volta a reprovar contas do 1º ano da gestão Peres

(Foto: Reprodução / Santos FC) - Conselho Deliberativo do Santos volta a reprovar contas
(Foto: Reprodução / Santos FC)

O Conselho Deliberativo do Santos voltou a reprovar as contas de 2018, o primeiro ano da gestão do presidente José Carlos Peres. O balanço financeiro do clube havia sido rejeitado há um mês pelos conselheiros, o que se repetiu nesta terça-feira, mesmo com o dirigente tendo o direito de apresentar a sua defesa.

O caso, agora, vai para a Comissão de Inquérito e Sindicância do Santos. Esse órgão terá 15 dias para apresentar o seu parecer apontando se houve gestão temerária. E pode definir punições em diferentes graus, como advertência ou até mesmo a exclusão do quadro de sócios do Santos, o que provocaria a queda de Peres da presidência e de outros membros da sua chapa.

Além disso, a reprovação das contas abre caminho para apresentação de novos processos de impeachment - no ano passado, em votação dos sócios, Peres escapou de perder o seu mandato.

Após a apresentação da defesa da gestão de Peres, o Conselho Fiscal do Santos sugeriu a reprovação do balanço. Para isso, se baseou em três pontos: o déficit de R$ 77 milhões, acima de 20% da receita orçada do exercício anterior em desacordo ao Profut, os impostos não pagos e o não cumprimento do orçamento.

Sem êxito, Peres defendeu que o Santos teria fechado 2018 com as contas em dia se a venda de Rodrygo ao Real Madrid tivesse sido contabilizada no ano passado. Ele também afirma ter pago a maior parte dos impostos atrasados, mas admite que ainda há cerca de R$ 4 milhões a serem quitados.

Já os outros 12 pontos apresentados antes da primeira votação foram reclassificados como informativos ou como ressalvas.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo