Tamires completa 125 jogos com a Seleção Feminina: ‘Quero continuar honrando muito meu país’

Quase uma década de muito amor e dedicação pela Seleção Brasileira. Nesta segunda-feira, na goleada que garantiu à Canarinho a classificação antecipada para a semifinal da Copa América, foi de Tamires a assistência precisa para Bia Zaneratto abrir o placar. Mas a defensora teve mais um motivo especial para comemorar: ela atingiu a marca de 125 partidas com a Amarelinha.

“Fico muito feliz de poder ajudar a Seleção Brasileira nesses 125 jogos. São nove anos servindo a Seleção e tendo muitas experiências, como jogar dois mundiais, duas Olimpíadas e, agora, participando da minha terceira Copa América. Evoluí, aprendi, cresci, conheci muitas meninas, tive muitas experiências e quero cada vez mais estar fazendo o que amo, que é jogar futebol, vestindo a Amarelinha e honrando muito meu país”, disse.

A partida estava equilibrada até ali, e a Venezuela impunha forte marcação sobre as Guerreiras. Além de abrir o caminho para a vitória, Tamires vestiu a braçadeira de capitã após a substituição de Rafaelle, posto que as duas defensoras dividem com Debinha e Marta. Após o triunfo, a camisa 6 analisou o desempenho do Brasil contra La Vinotinto.

“Atingir essa marca conquistando a classificação antecipada deixa tudo ainda mais especial. Fizemos um excelente jogo, impondo nosso ritmo o tempo todo. É sempre difícil na Copa América jogar contra equipes que vem muito recuadas contra a gente, ali nos primeiros 15, 20 minutos nós estávamos tentando entender a proposta do adversário. De qualquer forma, conseguimos colocar nosso ritmo de jogo na partida, abrir o placar ainda no primeiro tempo e, no segundo, usamos ainda mais a inteligência, explorando mais os lados, jogando mais rápido, usando as meninas do meio para girar a bola com mais facilidade e tivemos sucesso. A equipe está de parabéns e é continuar assim para os próximos jogos”, concluiu.

Com a vaga na semi e a liderança do grupo B garantidas, a Seleção deixa a cidade de Armênia e se dirige a Cali, onde encerra sua participação na fase de grupos contra o Peru. O confronto ocorre na próxima quinta-feira (21), às 21h (horário de Brasília), com transmissão de SBT.

Informações da CBF