Bento pega dois pênaltis e Athletico elimina Botafogo na Copa do Brasil

Com a colaboração de Estadão Conteúdo

O Athletico está nas quartas de final da Copa do Brasil. O Furacão eliminou o Botafogo nos pênaltis nesta quarta-feira (31), no estádio Nilton Santos, pelo jogo da volta das oitavas.

athletico-botafogo-2
Foto: José Tramontin/athletico.com.br

No tempo normal, o Fogão venceu por 1 a 0, levando a decisão para as penalidades – no jogo da ida, o Athletico tinha vencido de virada por 3 a 2. Nas cobranças, o goleiro Bento pegou os dois primeiros pênaltis e o Rubro-negro venceu por 4 a 2.

Com a classificação, o clube embolsou R$ 4,3 milhõe. O próximo adversário será conhecido em sorteio. Os jogos de ida das quartas de final vão ocorrer na semana do dia 5 de julho. As partidas de volta acontecem uma semana depois.

Athletico e Botafogo voltam a se encontrar no sábado (3). As equipes se enfrentam na Arena da Baixada, às 18h30, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Botafogo x Athletico

Em desvantagem na busca pela classificação e jogando em casa, o Botafogo tomou as rédeas do duelo e fez pressão nos primeiros minutos, tanto que não demorou para abrir o placar. Aos 16 minutos, o goleiro Lucas Perri deu um chutão para frente e encontrou Júnior Santos, que tocou de primeira para Tiquinho Soares, que deixou um marcador no chão e bateu na saída do goleiro Bento, que nada pode fazer e só viu a bola entrar.

A partir daí, o Athletico tentou reagir, mas encontrou dificuldades para levar perigo ao gol adversário, por causa da forte marcação. Do outro lado, o Botafogo marcou o segundo, desta vez com Victor Sá, mas houve uma falta no lance e o árbitro invalidou o gol.

Na volta do intervalo, o duelo seguiu movimentado. Logo aos 17 minutos, o Botafogo ficou perto de ampliar. Tchê Tchê foi até alinha de fundo e levantou na área. Victor Sá chegou finalizando de primeira, mas Bento fez bela defesa, salvando o Athletico. O time paranaense não conseguia responder ofensivamente, mas seguia se defendendo como pôde.

Nos minutos finais, o Botafogo levou perigo mais duas vezes. Aos 34 minutos, Di Plácido cruzou na área e Tiquinho Soares cabeceou firme, mas mandou para fora. Já aos 38, foi a vez do camisa 9 cruzar para Júnior Santos finalizar de cabeça, mas Bento defendeu. Por isso, o duelo terminou com o placar de 1 a 0 para os cariocas no tempo regulamentar e o duelo foi para os pênaltis

Nas penalidades, Tiquinho Soares que havia feito o gol da vitória do Botafogo no tempo regulamentar, começou parando na defesa do goleiro Bento. Thiago Heleno na cobrança seguinte, já deixou o Athletico em vantagem. Tchê Tchê desperdiçou mais uma, em nova defesa de Bento, e deixou o time carioca em situação complicada apesar dos acertos de Marlon Freiras e Lucas Fernandes. A partir daí, ninguém mais errou e o time paranaense, com gols de Vitor Bueno, Terans e Alex Santana avançou, vencendo a disputa por 4 a 2.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 (2) X 0 (4) ATHLETICO-PR

BOTAFOGO – Lucas Perri; Di Placido, Adryelson, Víctor Cuesta e Marçal (Hugo); Marlon Freitas, Tchê Tchê e Eduardo (Lucas Fernandes); Júnior Santos, Tiquinho Soares e Victor Sá (Luis Henrique). Técnico: Luís Castro.

ATHLETICO-PR – Bento; Madson, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Fernando; Hugo Moura (Terans), Erick e Christian (Alex Santana); Canobbio (Vitor Bueno), Vitor Roque e Cuello (Thiago Andrade). Técnico: Paulo Turra.

GOL – Tiquinho Soares, aos 16 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Hugo e Víctor Cuesta (Botafogo) e Erick, Fernando e Pedro Henrique (Athletico-PR).

ÁRBITRO – Anderson Daronco (RS).

RENDA – R$ 1.879.065,00

PÚBLICO – 37.682 total

LOCAL – Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia
Alisha
Alorino
Antônio Carlos
Bianca Granado
Camila Santos
Edvaldo Corrêa
Elaine Damasceno
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
Giselle Suardi
Guilherme C Carneiro
Mateus Afonso
Mauro Mueller
Oseias Gomes
Papai em Dobro
Tais Targa