Calleri revela que joga lesionado há 6 meses e que irá operar

SANTO ANDRÉ, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Campeão pela primeira vez com a camisa do São Paulo, Calleri tem jogado lesionado. Em entrevista na zona mista do Morumbi após o título da Copa do Brasil, o atacante revelou que convive com uma lesão desde março e que irá operar.

calleri-lesionado-cirurgia
Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

“Ninguém sabe, mas estou machucado há seis ou sete meses. Eu vou parar de jogar agora e vou operar. Eu estou muito machucado no tornozelo. Meu objetivo era ser campeão e acho que consegui. Dei a vida, mesmo machucado. Desde março… Ninguém sabe, mas dei a vida por esse clube e agora mereço parar e me recuperar bem”, DISSE.

LESÃO DE CALLERI

O problema no tornozelo de Calleri vem desde o Campeonato Paulista. Ele sentiu um problema no local durante a partida contra o São Bernardo.

Apesar dos prognósticos negativos e a possibilidade de ficar fora até o final do ano, Calleri aceitou um tratamento conservador junto ao São Paulo para não passar por cirurgia.

Ele conseguiu se recuperar e jogou boa parte dos jogos da equipe ao longo da temporada até aqui. Entretanto, segundo ele, a lesão tem o incomodado nos últimos tempos.

“Tenho a lesão no tornozelo, não recuperei bem. O tratamento conservador deu para jogar até agora, mas está me atrapalhando demais. Eu já falei para todo mundo que se a gente fosse campeão eu ia arrumar meu tornozelo. Depois de vencer, eu vou operar”, afirma Calleri.

CONTRIBUIÇÕES DE CALLERI PARA O TÍTULO

Principal esperança de gols do São Paulo, Calleri chegou à final da Copa do Brasil sem nunca ter marcado um gol na competição ao longo de suas duas passagens.

O jejum foi quebrado justamente no momento certo. No Maracanã, no domingo passado (17), o argentino apareceu atrás da marcação e cabeceou para dar a vitória de 1 a 0 para o São Paulo.

No Morumbi, neste domingo, Calleri não balançou as redes, mas participou do lance do gol. Ele disputou lance com Rossi em um escanteio, obrigando o goleiro a dar o soco na bola, que sobrou para Rodrigo Nestor bater firme e empatar o duelo.

O troféu da Copa do Brasil, além de ser o primeiro do argentino pelo clube, também é um “presente” para Calleri. Isso porque, neste sábado(23), o atleta completou 30 anos.

A medalha e o troféu da Copa do Brasil representam a terceira conquista de Calleri ao longo da carreira como jogador profissional. Antes, ele conquistou uma edição do Campeonato Argentino e uma Copa da Argentina, ambos com o Boca Juniors, em 2015.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia
Alisha
Alorino
Antônio Carlos
Bianca Granado
Camila Santos
Edvaldo Corrêa
Elaine Damasceno
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
Giselle Suardi
Guilherme C Carneiro
Mateus Afonso
Mauro Mueller
Oseias Gomes
Papai em Dobro
Tais Targa