Cascavel viaja 3.500 quilômetros para enfrentar o Tocantinópolis pela Copa do Brasil

O Cascavel já iniciou a longa jornada rumo ao interior de Tocantins, para enfrentar o Tocantinópolis pela segunda fase da Copa do Brasil. O jogo será realizado na quarta-feira (16), às 20h30, no Estádio João Ribeiro, o Ribeirão.

A Serpente Aurinegra precisa de uma vitória simples para avançar de forma inédita para a terceira fase da competição e faturar mais R$ 1,9 milhões. Caso a partida termine empatada, a decisão vai para os pênaltis. Mas, para chegar até o local da partida, os jogadores e a comissão técnica irão enfrentar quase 24 horas de viagem.

Na noite de ontem (13), a equipe foi de ônibus de Cascavel para Curitiba, há 500 quilômetros de distância. Hoje cedo, perto das 6 horas da manhã, o time embarcou em um voo para a cidade de Marabá, no Pará. A viagem de 2.700 quilômetros, ainda tem escala em Brasília, antes de chegar ao destino.

Depois, o Cascavel ainda vai pegar a estrada e rodar mais 300 quilômetros até Porto Franco, no Maranhão, cidade vizinha de Tocantinópolis, onde a delegação ficará hospedada. Ao todo serão 3.500 quilômetros percorridos somente no trajeto de ida. A chegada está prevista para às 19hs desta segunda-feira. 

“É uma logística um pouco desagradável, mas são situações que não podemos colocar como primeiro pensamento. Precisamos chegar bem, se adaptar ao clima, que é muito diferente do nosso, e fazer um grande jogo”, disse o técnico Tcheco.

O primeiro e único treino antes do jogo está programado para terça-feira (15), às 15 horas, no Estádio Ribeirão, palco do confronto. Para chegar até lá, o ônibus dos jogadores terá que atravessar uma balsa pelo rio Tocantins. 

Depois da atividade, a equipe retorna a Porto Franco e se concentra para a grande decisão, na quarta.

“A expectativa é muito boa, sabemos da importância do jogo tanto para o clube, quanto para a torcida. Temos certeza que vamos fazer um grande jogo e conquistar a classificação”, garante o volante França.

No ano passado, na estreia do clube na Copa do Brasil, o Cascavel chegou até a segunda fase. Agora, o time quer fazer valer a longa viagem e voltar com a classificação inédita na bagagem.

“Peço que os torcedores confiem em nós, pois não chegamos até esta fase da Copa do Brasil por acaso. Temos as nossas dificuldades, mas precisamos dessa energia que a torcida transmite para nossa equipe”, comentou o treinador da Serpente.

Informações da assessoria de imprensa