Com reservas, Athletico atropela o Tocantinópolis e larga em vantagem na Copa do Brasil

O Athletico Paranaense goleou o Tocantinópolis em jogo válido pela terceira fase da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira (20). O Furacão venceu por 5 a 2 mesmo jogando no Ribeirão, em Tocantins, e tem uma grande vantagem para o jogo de volta.

A vitória do Athletico-PR foi construída com gols de Marlos (dois), Vitor Bueno (2) e Pablo, enquanto Raí e Alan Maia descontaram para os donos da casa. As equipes voltam a se encontrar no dia 10 de maio na Arena da Baixada.

O jogo

Desde o início, o Athletico impôs seu jogo no toque de bola. Assim, chegou ao primeiro gol aos 10′. Pablo recebeu de Vitor Bueno pelo meio e abriu na esquerda para Pedro Rocha, que mandou de primeira para Marlos. O camisa 10 recebeu na área e tocou para a rede.

Empurrado pela torcida, o Tocantinópolis buscou a reação. Ameaçou em chutes de Alan Maia, Chico Bala e Tiago Bagagem. Mas era o Furacão quem atacava com mais perigo e teve perto de ampliar com Pedro Rocha e Vitor Bueno.

O segundo gol saiu aos 35′. Pedro Rocha puxou mais um ataque pela esquerda e cruzou na área. A bola desviou na defesa e ficou limpa para Pablo finalizar!

Nem assim o time da casa se abateu. Aos 39′, em uma cobrança de falta, a bola foi levantada na área e Alan Maia, em posição duvidosa, tocou de cabeça. Gol validado pela arbitragem.

Foto: José Tramontin/athletico.com.br

O Furacão ainda teve mais uma chance na primeira etapa, com Pedro Rocha. Mas levou um susto logo no começo do segundo tempo. Aos 3′, Lucas Fasson tentou afastar uma bola rebatida por Bento. O atacante Bilau também foi nela e, na dividida, o árbitro marcou pênalti. Raí bateu e Bento quase conseguiu a defesa, mas era mesmo o gol de empate.

Mas a resposta athleticana foi imediata. Aos 6′, em um escanteio pela direita, Marlos bateu fechado na segunda trave e encontrou Vitor Bueno, que só teve o trabalho de desviar: 3 a 2!

Logo na sequência, aos 9′, Pedro Rocha roubou a bola pela esquerda do ataque e cruzou rasteiro para Marlos, que entrou livre pelo meio e marcou o quarto do Furacão!

O Tocantinópolis tentou reagir mais uma vez, voltou a balançar a rede, mas teve o gol anulado. O atacante Bilau estava impedido.

O Athletico fechou a contagem aos 21′, em um lance quase igual ao do terceiro gol. Marlos bateu escanteio da direita e Vitor Bueno, livre na segunda trave, mandou para dentro. Era o quinto.