Desempate: Abel Ferreira e Rogério Ceni vivem terceira decisão em dois anos

Nesta quinta-feira (14), Palmeiras e São Paulo decidem, no Allianz Parque, quem avança às quartas de final da Copa do Brasil. A vantagem no confronto é do Tricolor, que venceu o jogo de ida por 1 a 0. O duelo, no entanto, está aberto. E, para os técnicos Abel Ferreira e Rogério Ceni, o confronto eliminatório será um desempate em decisões.

Nos últimos dois anos, 2021 e 2022, Abel Ferreira e Rogério Ceni têm três confrontos eliminatórios. Ainda aberta, a busca por vaga na próxima fase da Copa do Brasil vai dar vantagem para um dos dois treinadores.

Em abril de 2021, Rogério Ceni, ainda no comando do Flamengo, bateu o Palmeiras de Abel na Supercopa do Brasil. As equipes empataram por 2 a 2 e, na disputa de pênaltis, o Rubro-Negro venceu por 6 a 5.

O troco do comandante português, no entanto, ocorreu há poucos meses. Na final do Paulistão, o Tricolor até bateu o Alviverde no jogo de ida por 3 a 1. Porém, no Allianz Parque, o time de Ceni sucumbiu diante do Palestra: 4 a 0 para os mandantes e título inédito na trajetória de Abel Ferreira.

No geral, a vantagem do confronto é de Rogério Ceni, que conta ainda com o triunfo da ida das quartas da Copa do Brasil na lista. Em nove jogos, são cinco vitórias de Rogério Ceni, um empates e três triunfos de Abel Ferreira.

Além da vantagem em confrontos decisivos, o novo encontro entre os treinadores vale a premiação de R$ 3,9 milhões para a equipe que conseguir avançar no torneio. Palmeiras e São Paulo se enfrentam às 20h.

Informações do SBT Sports.