Alex Sandro é cortado e Renan Lodi volta à seleção após polêmica com vacinação

Rio, 14 (AE) – A bruxa anda solta na lateral-esquerda da seleção brasileira. Após ver Guilherme Arana romper os ligamentos do joelho e perder a Copa do Mundo, agora é Alex Sandro quem desfalca a equipe nacional nos últimos amistosos antes da Copa do Mundo do Catar, por lesão muscular. Cortado, o jogador da Juventus abre caminho para a volta de Renan Lodi após polêmica da vacinação no começo do ano.

“Renan Lodi está convocado para os próximos amistosos da Seleção Brasileira. Atualmente no Nottingham Forest, da Inglaterra, Lodi substituirá Alex Sandro, desconvocado devido a uma lesão muscular na perna esquerda”, revelou a CBF nesta quarta-feira.

Por ter se vacinado contra a covid-19 em cima da hora dos jogos da penúltima janela das Eliminatórias, contra Equador e Peru, no começo do ano, Renan Lodi acabou preterido. Tite disse, na época, que a vacina era uma “responsabilidade social” e que o jogador, então no Atlético de Madrid, “perdeu a chance de concorrer.”

Guilherme Arana e Alex Teles foram chamados para encarar Chile e Bolívia na rodada final das Eliminatórias e, depois, para os amistosos contra Japão e Coreia do Sul, Tite optou por Alex Sandro, atualmente o titular da posição, e Alex Teles. Agora, Lodi ganha nova oportunidade para ainda sonhar com o Catar.

Foi a primeira alteração na lista de 26 nomes convocados para os amistosos contra Gana e Tunísia, dias 23 e 27 de setembro, respectivamente. Tite espera não perder mais peças para poder fazer sua avaliação final antes da convocação definitiva para a Copa. A seleção brasileira começa a se reunir na segunda-feira, quando já realizará seu primeiro treino em Le Havre, na França.

Por Estadão Conteúdo.