Pedro reforça sonho por Copa do Mundo e manda mensagem para Arana

Os últimos dois amistosos da Seleção Brasileira antes da Copa do Mundo são tratados como finais para o centroavante Pedro. Principal novidade na convocação do técnico Tite para os jogos contra Gana e Tunísia, o jogador do Flamengo comentou sobre a concorrência no ataque e a expectativa pelo Mundial.

“Sei que a concorrência é grande, principalmente no ataque em que todos estão muito bem preparados. Isso é algo nos motiva ainda mais por poder ver que estou entre os selecionados na véspera para disputar uma Copa do Mundo. Isso me motiva a querer mais no treino e no clube para poder evoluir e dar o meu melhor no Flamengo para poder chegar no final do ano e iara para a Copa do Mundo”, analisou o jogador.

De volta à seleção, o jogador relembrou o período que ficou ausente da equipe e mandou uma mensagem para o lateral esquerdo Guilherme Arana, do Atlético Mineiro, que sofreu uma grave lesão e não estará no Qatar.

“Mando aqui força para o Guilherme Arana. Eu mandei uma mensagem para ele. Passei por isso em 2018 quando fui convocado pela primeira vez e uma semana do jogo antes sofri uma lesão. A adversidade faz a gente mais forte. Superei aquele momento, superei momentos difíceis. Tem o tempo para todas as coisas e no momento certo voltei pra seleção. Eu superei esse momento e estou feliz por isso. Foram momentos difíceis que me fez mais forte”, revelou.

No segundo dia de treinamento em Le Havre, Pedro participou só da primeira parte do treinamento. Nesta quarta-feira (21), a Seleção Brasileira faz a penúltima atividade antes da partida contra Gana, sexta-feira (23), no estádio Océane, em Le Havre. Quatro dias depois, a equipe retorna a campo para enfrentar a Tunísia, última partida antes da lista final para a Copa do Mundo.