Copa do Mundo terá árbitras pela primeira vez no Catar, assistente brasileira é chamada

Árbitras vão comandar partidas da Copa do Mundo masculina pela primeira vez no Catar neste ano, anunciou a Fifa nesta quinta-feira.

Três árbitras e três árbitras assistentes farão parte do evento no Catar, que será realizado de 21 de novembro a 18 de dezembro.

As árbitras Stephanie Frappart, da França, Salima Mukansanga, de Ruanda, e Yoshimi Yamashita, do Japão, assim como as árbitras assistentes, Neuza Back, do Brasil, Karen Diaz Medina, do México, e a norte-americana Kathryn Nesbitt, foram convocadas.

Foram selecionados pela Fifa para o Mundial um total 36 árbitros, 69 árbitros assistentes e 24 árbitros de vídeo.

“Isso conclui um longo processo que começou há vários anos com a escalação de árbitras nos torneios masculinos juniores e seniores da Fifa”, disse Pierluigi Collina, presidente do Comitê de Arbitragem da Fifa.

“Elas merecem estar na Copa do Mundo da Fifa porque sempre atuam em um nível muito alto, e esse é o fator importante para nós.”

“Como sempre, o critério que usamos é ‘qualidade em primeiro lugar’ e os árbitros selecionados representam o mais alto nível de arbitragem em todo o mundo”, completou.