Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Corinthians acata decisão do STJD e define mudanças de setor da torcida na arena

O Corinthians decidiu não recorrer da decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que proibiu o clube de vender ingressos para membros das torcidas organizadas nos próximos jogos do Campeonato Brasileiro e também fechar o Setor Norte do Itaquerão por tempo indeterminado. Por causa dessas mudanças, a diretoria anunciou alterações na localização dos torcedores que já compraram ingresso.

Quem comprou entrada para o Setor Norte para jogo contra a Chapecoense, no próximo sábado, na arena corintiana e não for membro de torcida organizada, será realocado para o Setor Oeste Superior. Já os membros de organizadas serão ressarcidos no valor, pois não poderão ir ao jogo.

"Os torcedores dos planos Minha Vida, Minha História, Meu Amor e Minha Paixão, que adquiriram ingressos para o setor Norte, serão transferidos para o setor Oeste Superior, sem custo adicional. Esses torcedores irão receber um e-mail, com as instruções a respeito do bloco, fileira e cadeira que irão ocupar no sábado", explicou o Corinthians.

"Aos torcedores do plano Minha Torcida, das torcidas Gaviões da Fiel, Estopim da Fiel, Camisa 12, Pavilhão 9, Coringão Chopp e Fiel Macabra, comunicamos que faremos a devolução do valor pago pelos ingressos adquiridos até este momento e que não poderão ser utilizados enquanto vigorar a punição. Esses torcedores também irão receber um comunicado, com as orientações para o estorno dos seus ingressos", acrescentou o clube.

A punição é baseada pelo artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva e vale até o julgamento da comissão disciplinar do STJD, que deve ocorrer dentro de 15 doas. A punição vale também para os jogos em que o Corinthians for visitante.

A decisão tomada pelo STJD ocorre após a briga envolvendo corintianos e policiais militares no empate por 2 a 2 com o Flamengo, domingo passado, no Maracanã. Por causa da confusão, 31 torcedores estão presos no Rio de Janeiro.