Corinthians e Jô rescindem contrato após ida a pagode e falta a treino

Corinthians e Jô chegaram a um acordo nesta quinta-feira (9) para a rescisão de contrato que era válido até o fim de 2023. O fim do ciclo do jogador no Timão ocorre após a polêmica ida a um pagode e a falta ao treino na última quarta-feira (8).

“Nesta quinta-feira (09), o Sport Club Corinthians Paulista e o atleta Jô chegaram a um acordo para o encerramento do contrato. O jogador manifestou a vontade de rescindir o vínculo de forma antecipada. O Corinthians aceitou a decisão do atleta e informa que o contrato, com validade até dezembro de 2023, foi encerrado”, informou o clube.

Jô havia sido flagrado tocando pagode durante a derrota do Timão para o Cuiabá por 1 a 0, na noite da última terça-feira (7), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O vídeo viralizou nas redes sociais e o atacante foi muito criticado por torcedores.

No dia seguinte, Jô não apareceu no CT Joaquim Grava para a sequência do tratamento do trauma no pé sofrido na partida contra o Always Ready. As partes conversaram e chegaram ao acordo nesta quinta para a rescisão.

“Ao Filho do Terrão, maior artilheiro da história da Neo Química Arena, bicampeão Brasileiro e campeão Paulista, o Corinthians agradece por todos os momentos e deseja o melhor na sequência da carreira de um dos grandes nomes da história do Clube”, agradeceu o Corinthians no fim da nota oficial.

Informações do SBT Sports.