Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Corinthians perde para o Cruzeiro e pressão do rebaixamento aumenta

O Corinthians fez mais uma apresentação para ser esquecida, perdeu para o time misto do Cruzeiro por 1 a 0 nesta quarta-feira, no estádio do Mineirão, e continua ameaçado pelo rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A derrota não foi pior porque Cássio fez grandes defesas.

Só não segurou o chute de David. Douglas e Danilo Avelar bateram cabeça e a bola sobrou para Fred, que serviu o atacante cruzeirense para sacramentar a vitória. Douglas, não satisfeito, ainda cometeu duas faltas em sequência no final do primeiro tempo, recebeu um amarelo em cada lance e foi expulso. Com um a menos, o Corinthians ao menos lutou mais no segundo tempo. Acertou uma bola no travessão com Thiaguinho, mas não tirou o zero do marcador.

O tropeço mantém o time alvinegro sem conseguir vencer fora de casa sob o comando de Jair Ventura - agora são cinco derrotas e dois empates longe de seus domínios. Com isso, o Corinthians continua provisoriamente na 13ª colocação, com 40 pontos, a três da degola.

A posição na tabela continuou a mesma do início da rodada porque os principais concorrentes na luta contra a queda tropeçaram - o Vasco empatou com o Atlético-PR por 1 a 1 e o Ceará perdeu para o Bahia por 2 a 1.

O Cruzeiro estava sem sete titulares e também não contou com Mano Menezes no banco de reservas - o treinador está afastado para tratamento dermatológico. Com a vitória, subiu para o sétimo lugar, com 49 pontos. O Corinthians volta a campo no sábado, contra o Vasco, em casa. O Cruzeiro visita o São Paulo, domingo, no Morumbi.

Cássio foi o principal destaque do Corinthians especialmente nos minutos iniciais, ao defender os chutes de Robinho e David. O time alvinegro não se encontrava em campo e viu David abrir o placar aos 13.

Na frente do marcador, o Cruzeiro recuou, o Corinthians passou a ter mais posse de bola, mas não conseguia criar. Jadson não voltava para armar as jogadas e o time alvinegro saia muito lentamente com Ralf e Douglas. No contra-ataque, a equipe mineira quase surpreendeu com Robinho. Cássio mandou para escanteio.

Danilo lutava como centroavante, conseguia dominar a bola lá na frente, mas não tinha com quem tabelar. As coisas ficaram ainda mais complicadas nos acréscimos do primeiro tempo, quando Douglas cometeu falta em Fred e foi expulso. O volante havia recebido o primeiro amarelo no lance anterior. Jair Ventura sentou-se no banco de reservas e ficou sem reação.

No segundo tempo, o volante Thiaguinho voltou na vaga de Danilo e o Corinthians melhorou. Danilo Avelar, de cabeça, obrigou Fabio a fazer grande defesa. Na sequência, Thiaguinho acertou uma bomba no travessão. O Cruzeiro, recuado, tentava matar o jogo no contra-ataque.

Depois das duas boas chances, o Corinthians perdeu um pouco de força. O Cruzeiro, satisfeito com o resultado, deixou o jogo esfriar. Os visitantes partiram para o desespero com os chutões para a área. No fim, o goleiro Fábio ainda pegou chute de Mateus Vital garantindo o resultado.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO 1 X 0 CORINTHIANS

CRUZEIRO - Fábio; Ezequiel, Léo, Manoel e Egídio; Lucas Silva, Lucas Romero, Robinho (Ariel Cabral), Mancuello (Patrick) e David (Raniel); Fred. Técnico: Sidnei Lobo (interino).

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Douglas e Jadson (Mateus Vital); Pedrinho (Clayson), Danilo (Thiaguinho) e Romero. Técnico: Jair Ventura.

GOL - David, aos 13 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).

CARTÃO AMARELO - Robinho, Fred (Cruzeiro); Romero (Corinthians).

CARTÃO VERMELHO - Douglas (Corinthians).

PÚBLICO - 8.314 pagantes (15.520 no total).

RENDA - R$ 128.669,00.

LOCAL - Estádio Mineirão, em Belo Horizonte

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo