Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Dátolo anuncia que deixará o Atlético-MG ao fim do ano e diz que queria ficar

(Foto: Bruno Cantini/ Atlético MG) - Dátolo anuncia que deixará o Atlético-MG ao fim do ano
(Foto: Bruno Cantini/ Atlético MG)

A vitoriosa passagem do argentino Jesús Dátolo pelo Atlético-MG está perto do fim. O jogador confirmou a informação nesta terça-feira, ao anunciar que não renovará o contrato com o clube mineiro, que se encerra no fim deste ano, apesar de seu desejo de permanecer por lá.

"Eu falei com meu empresário. Ele se comunicou com o presidente, que falou que eu não vou ficar aqui no Atlético-MG. Queria ficar, mas o futebol tem disso. Não fico aqui e vou ter que procurar meu destino, mas todo mundo sabe que eu não me guardei. Sempre dei a vida por esse clube. Vou embora feliz", declarou em entrevista à TV Globo.

Dátolo lamentou a decisão da diretoria de não renovar seu contrato, mas se mostrou compreensivo. O próprio argentino admitiu que viveu em 2016 um ano bem abaixo do esperado, principalmente por causa dos problemas físicos, que impediram que o jogador tivesse uma sequência. Foram somente 20 jogos oficiais para ele na temporada, sendo boa parte deles vindo do banco.

"Não foi um ano normal, foi um pouco difícil para mim por várias coisas. Não poder estar em campo me atrapalhou muito, porque eu amo jogar bola, amo jogar futebol. Foi esse o fator de ficar mais triste esse ano. Não foi um ano normal", explicou.

Dátolo vai fechar sua passagem de mais de três anos no Atlético-MG em dezembro. Contratado após o título da Libertadores, em agosto de 2013, o argentino foi peça importante em algumas conquistas do clube, como a Recopa Sul-Americana e a Copa do Brasil, em 2014, além do Campeonato Mineiro, de 2015.

Mesmo em uma temporada abaixo do esperado, Dátolo chegou a ser especulado no Fluminense, na negociação que levou Fred ao Atlético-MG, e no São Paulo. Apesar de ter mercado no Brasil, o jogador de 32 anos nunca escondeu o desejo de encerrar a carreira na Argentina.