Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

De virada, Palmeiras vence o Vitória na Bahia e mostra força de seu elenco

(Foto: Divulgação)  - De virada, Palmeiras vence o Vitória na Bahia
(Foto: Divulgação)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Campeão brasileiro por antecipação, o Palmeiras encerrou a temporada com triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória neste domingo (11). A partida no Barradão foi pouco empolgante, mas foi acompanhada por festa com a torcida e canto de "é campeão". Os jogadores do Alviverde se despedem de 2016 com sorriso no rosto.

Um dos pilares da campanha vitoriosa, Jaílson comemora um ciclo que começou e terminou contra o Vitória. "Eu comecei bem e, com a ajuda dos companheiros, terminamos também bem. O primeiro jogo foi 2 a 1 e esse também", lembra o goleiro ao canal SporTV. Ele estreou na última rodada do primeiro turno e desde então não perdeu um jogo sequer no Brasileirão. "Esse ano pra mim será inesquecível, vai ficar para a história."

O Alviverde fecha sua campanha vitoriosa e se despede de Cuca, que dá lugar a Eduardo Baptista em 2017. O técnico que chega deve encontrar um elenco robusto, com boas peças de reposição e concorrência em várias posições. Gabriel, por exemplo, encerrou a temporada mostrando sua característica mais marcante: a polivalência.

"Nossa equipe fez um grande jogo, mostramos realmente o valor do elenco, de que sempre falamos", fala o volante de origem, que neste domingo foi lateral. "O elenco que veio era praticamente o grupo de apoio, que ajudou, que jogou um pouco menos neste ano. E mostrou futebol para ser até titular em outra equipe e honrar a camisa do Palmeiras", completa.

VITÓRIA

Fernando Miguel; Diego Renan, Kanu, Ramon e Euller; Willian Farias, Marcelo e Cárdenas (Serginho); Marinho, David e Zé Love (Tiago Real)

T.: Argel Fucks

PALMEIRAS

Jailson; Gabriel, Mina, Thiago Martins e Fabrício; Thiago Santos, Tchê Tchê e Cleiton Xavier (Rodrigo); Leandro Pereira, Alecsandro (Artur) e Erik

T.: Cuca

Estádio: Barradão, em Salvador (BA)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (FIFA)

Cartões amarelos: Zé Love (V); Cleiton Xavier, Alecsandro, Thiago Santos, Jailson, Fabrício e Matheus Sales (P)

Gols: Marinho (V), aos 12 min, Gabriel (P), aos 15 min, Alecsandro (P), aos 45 min do primeiro tempo