Diego confirma saída do Flamengo no fim da temporada: “Meu último ano”

A passagem do meia Diego Ribas pelo Flamengo está com os dias contados. Ou melhor, meses contados. Nesta terça-feira (19), o atleta confirmou em entrevista coletiva que se despedirá do Rubro-Negro ao fim da atual temporada. O vínculo do jogador de 37 anos com a equipe carioca é válido até o dia 31 de dezembro.

No discurso inicial, Diego ainda disse que não pretende atuar mais no futebol brasileiro. Caso siga a carreira, o meia tem o objetivo de atuar fora do país. O camisa 10 do Flamengo ainda citou a possibilidade de se aposentar do futebol.

“Hoje completa seis anos do anúncio da minha chegada ao Flamengo. Foram seis anos maravilhosos. Na renovação ano passado definimos que seria meu último ano no Flamengo e venho aqui confirmar isso. Encerrarei minha passagem pelo Flamengo. Não atuo também mais em outro clube brasileiro. Minha história no Flamengo é muito rica. Vou me dar mais meses ainda daqui para decidir se me aposento ou não. Se continuar, será fora do país. É aqui que quero viver essa reta final. Queria passar isso a vocês, aos torcedores, para que possam viver os últimos meses intensamente, cada jogo, e continuar sendo feliz”, declarou o jogador.

Vitoriosa, a passagem do meio-campista pelo Rubro-Negra também é marcada por momentos em que a torcida flamenguista o criticou bastante. Diego revelou que pensou em desistir da trajetória no clube. No entanto, o atleta ressaltou que sempre pensou em seguir em frente. 

“Pensei. Mas a vontade e coragem foram sempre maiores. Mas sou ser humano. Teve momentos pesados. Teve eliminação contra Athletico-PR, teve quando quebrei a perna…será que não é para acontecer isso aqui? Nossa vida é repleta de decisões e pensei sempre em seguir em frente”, disse o camisa 10.

Diego ainda apontou na coletiva que enxerga a vindoura saída do Flamengo como uma passagem de bastão. O meia fez uma observação sobre as críticas recentes da torcida rubro-negra e afirmou desejar que atletas como Vidal e João Gomes tenham uma trajetória vitoriosa no clube.

“Tomara que o Vidal também faça 300 jogos, ganhe 10 títulos e quando entrar no Maracanã seja aplaudido. E segue a história dele. Depois entra outro. Que a próxima geração colha isso. Que João Gomes saia aplaudido e não expulso. Não é normal, temos de fazer uma reflexão. Torcida do Flamengo é especial. Ganhamos jogos juntos”, completou.

No último sábado (16), o camisa 10 foi o autor de um dos gols da vitória por 2 a 0 do time de Dorival Júnior diante do Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro. No total, Diego tem 269 jogos e 42 anotados pelo Flamengo.

Informações do SBT Sports.