Seleção Brasileira enfrenta o Equador na primeira partida de 2022

Vai começar o ano para a Seleção Brasileira! Nesta quinta-feira, o Brasil enfrenta o Equador, pelas Eliminatórias, no jogo que marca o pontapé inicial de 2022 para a Canarinho. A bola rola às 18h (horário de Brasília) no Estádio Rodrigo Paz Delgado, em Quito (ECU).

Este será o primeiro compromisso da equipe comandada por Tite no ano da Copa do Mundo da FIFA Catar. Já classificada para o Mundial, a Seleção enfrenta um dos melhores times das Eliminatórias até aqui. O Equador está na terceira posição, e fará de tudo para se aproximar da vaga na Copa. Em entrevista na véspera da partida, o auxiliar técnico Cléber Xavier destacou o bom desempenho recente dos adversários.

“Nos últimos anos, junto com Brasil e Argentina, é a equipe que mais tem pontuado nas Eliminatórias. Grande trabalho do (técnico Gustavo) Alfaro, o enfrentamos duas vezes, vitória por 2 a 0 em casa, com dificuldade, e empate na Copa América em 1 a 1, grande jogo, leal, equipe que marca forte, mas é leal. Conhecemos bem seus defeitos e suas qualidades”, analisou Cléber Xavier.

Mudanças no time e trio de ataque mantido

Com o Brasil já classificado, Tite pretende fazer várias mudanças na equipe nas rodadas restantes das Eliminatórias, começando já nesta quinta-feira (27). O treinador da Seleção evitou confirmar o time que vai a campo, mas garantiu a manutenção do trio de ataque que enfrentou a Argentina na última partida do ano passado: Raphinha, Matheus Cunha e Vinícius Jr.

“O tripé da frente, dos homens de lado, como a equipe se moldou e se adaptou bem, vai ser mantido sim. Com Vinicius, Raphinha, Cunha e a gente ter essas amostragens, essa sequência que vai se mostrando. Do meio para trás, a estrutura e o posicionamento ele se mantém”, declarou o técnico, que também falou sobre as alterações que pretende fazer:

“Podemos esperar mudanças de um jogo para o outro. A média nossa, nesses 13 jogos, são quatro substituições por jogo. Tenho dito aos jogadores que esses que entram vão estar decidindo a partida, porque vão estar em momento crucial. Então essa é a preparação, senão dos que iniciam, mas de deixar todos preparados para aquilo que tem que fazer”.

Informações da CBF