Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Em clássico com briga, Grêmio e Inter empatam sem gols

Em clássico com briga, Grêmio e Inter empatam sem gols

O Gre-Nal número 411, em Porto Alegre, terminou sem gols, mas não sem emoções neste domingo, na Arena do time tricolor, em duelo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o resultado acabou sendo melhor para o visitante Internacional do que para o mandante Grêmio.

Na luta contra o rebaixamento, o Inter chegou aos 37 pontos, com dois de vantagem para a zona de descenso. Já o Grêmio caiu para o nono lugar, com 48 pontos, na nona posição, mais longe do objetivo de ficar no G6, o grupo que garante vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

Agora todas as atenções da dupla Gre-Nal se volta para a disputa da Copa do Brasil, onde os dois times atuarão pelas quartas de final na próxima quarta-feira - o Inter vai receber o Atlético Mineiro, no Beira-Rio, e o Grêmio visitará o Cruzeiro, no Mineirão.

O JOGO - O jogo, que começou morno no primeiro tempo, com ambas equipes sem peças chave no meio-de-campo - no Grêmio, faltava Douglas; no Inter, Alex e Seijas - e pouco trabalho para os goleiros, pegou fogo na segunda etapa, com direito a briga generalizada em campo e duas expulsões.

Já aos quatro minutos da etapa final, o primeiro cartão amarelo, para Anselmo, que havia cometido uma sequência de três faltas, elevou os ânimos. Com a punição, o jogador está fora da partida contra o Santa Cruz, na próxima rodada.

Aos seis, a primeira chance real de gol foi do Inter, quando Vitinho chegou em velocidade pelo meio e chutou a bola, que passou muito próxima do travessão de Marcelo Grohe. Era o segundo contra-ataque rápido do time que demonstrava perigo e indicava uma possível reação contra a equipe da casa.

Entretanto uma falta normal sofrida por Valdívia aos 14 minutos parou o jogo por quase dez depois que jogadores dos dois times trocaram agressões. Tudo começou quando o zagueiro argentino Kannemanm, do Grêmio, segurou a bola embaixo do corpo para evitar a saída rápida, provocando a ira de Vitinho, que o agrediu nas costas.

Em seguida, jogadores dos dois times começaram a se ameaçar mutuamente e o gremista Edilson desferiu dois socos contra o volante Rodrigo Dourado. Estava claro que o árbitro deveria expulsar tanto Vitinho, que provocou a confusão, quanto Edilson, que perdeu o controle.

O alagoano Francisco Carlos do Nascimento, entretanto, surpreendeu as torcidas ao mostrar o vermelho para o jogador gremista e o amarelo para o colorado. O árbitro expulsou também Rodrigo Dourado, que estava sendo atendido fora de campo.

Com as duas equipes em igualdade numérica mas sem um atleta cada um, o jogo seguiu em um ritmo mais acelerado do que no primeiro tempo, porém, sem aproveitamento dos ataques. Nem as substituições feitas pelos dois treinadores conseguiram estabelecer a superioridade de um dos dois times.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 0 x 0 INTERNACIONAL

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon(Guilherme), Ramiro, Miller Bolaños (Jailson) e Pedro Rocha(Everton); Luan. Técnico: Renato Gaúcho.

INTERNACIONAL - Danilo Fernandes; Ceará, Paulão, Ernando e Geferson; Rodrigo Dourado, Anselmo, William, Valdívia(Eduardo Henrique) e Eduardo Sasha(Gustavo Ferrareis); Vitinho(Aylon). Técnico: Celso Roth.

ÁRBITRO - Francisco Carlos do Nascimento (AL).

CARTÕES AMARELOS - Anselmo e Vitinho (Internacional).

CARTÕES VERMELHOS - Edílson(Grêmio) e Rodrigo Dourado (Internacional).

RENDA - R$1.782.613.

PÚBLICO - 47.662 pagantes.

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).