Em crise, Santos demite o técnico Fabián Bustos

O Santos demitiu o técnico Fabián Bustos nesta quinta-feira (7), dia seguinte à eliminação vexatória nos pênaltis para o Deportivo Táchira nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, na Vila Belmiro. O treinador argentino de 53 anos tinha contrato com o Peixe até o fim de 2023. 

Bustos não resistiu à sequência negativa no Santos. São seis jogos sem vitória, incluindo a eliminação para o Táchira e a goleada sofrida para o Corinthians por 4 a 0 na ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

No Brasileirão, depois de um início surpreendente, o Peixe caiu de rendimento e hoje tem apenas dois pontos a mais que o Goiás, 17º colocado que abre a zona de rebaixamento. O Santos ocupa o décimo lugar na tabela, com 19 pontos em 15 rodadas disputadas.

Na manhã desta quinta-feira (7), Edu Dracena foi outro profissonal que saiu do clube. O ex-zagueiro optou por deixar o cargo de executivo de futebol do Peixe. Dracena publicou um texto nas redes sociais em que realizou uma análise sobre o trabalho desenvolvido no Alvinegro Praiano. 

Informações do SBT Sports.