Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Em dia agitado na Itália, Juventus goleia e segue líder; Roma e Napoli ganham

(Foto: Twitter / Juventus FC) - Em dia agitado na Itália, Juventus goleia e segue líder
(Foto: Twitter / Juventus FC)

A quarta-feira foi bem agitada na Itália. Tanto em campo, com oito jogos pela 10.ª rodada do Campeonato Italiano, como fora dele. Dois terremotos no centro do país (um de magnitude 5,5 e outro de 6,0 na escala Richter) abalaram regiões próximas da capital Roma, sem relato de vítimas até o final do dia - o segundo aconteceu bem na hora da rodada e paralisou por instantes um jogo em Pescara. Mas nada parou a Juventus, que goleou a Sampdoria por 4 a 1, em Turim, e segue na liderança isolada.

Com mais uma vitória na competição, a oitava em 10 partidas, a Juventus chegou aos 24 pontos e tem dois de vantagem para a Roma, que foi até Sassuolo e derrotou de virada o time local por 3 a 1 - com dois gols do centroavante bósnio Edin Dzeko, artilheiro do campeonato com 10 gols. A terceira colocação é do Napoli, com 20 pontos, após ganhar em casa do Empoli por 2 a 0 - gols do atacante belga Dries Mertens e do zagueiro romeno Vlad Chiriches, ambos no segundo tempo.

Neste sábado, pela 11.ª rodada, a Juventus terá o clássico contra o Napoli, novamente em seu estádio, em Turim. A partida será a primeira do centroavante argentino Gonzalo Higuaín após a polêmica transferência de Nápoles para o rival do norte da Itália. Por causa deste duelo, o técnico Massimiliano Allegri resolveu poupar alguns titulares como o goleiro Buffon - o brasileiro Neto, ex-Atlético Paranaense, jogou os 90 minutos.

Mas a ausência de alguns titulares não atrapalhou o rendimento da Juventus, que com nove minutos de jogo já vencia por 2 a 0 - gols do atacante croata Mandzukic, aos 4, e do zagueiro Chiellini, aos 9. Com a vantagem, o time de Turim claramente se poupou em campo. No segundo tempo, desatento, Chiellini "deu" um gol de presente para a Sampdoria, aos 12, ao errar uma saída de bola. Patrik Schick marcou para os genoveses. Pouco depois, aos 20, o bósnio Pjanic fez o terceiro e acabou com qualquer esperança visitante. No fim, Chiellini se redimiu e marcou mais um para decretar a goleada.

OUTROS JOGOS - Os terremotos causaram efeito na rodada desta quarta-feira. Em Pescara, o jogo entre Pescara e Atalanta teve de ser paralisado no seu início por alguns minutos por causa do segundo tremor. Houve um certo pânico no estádio, mas nada de mais grave aconteceu. E para a infelicidade dos torcedores locais, o Pescara foi derrotado por 1 a 0 e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento.

Outra partida paralisada nesta quarta-feira foi entre Fiorentina e Crotone, em Florença. Mas não por causa dos terremotos, mas sim pela forte chuva na região Toscana. O jogo ficou parado por cerca de 30 minutos, o que deve ter afetado os jogadores da equipe da casa. Em campo, sofrimento dos mandantes para arrancarem um empate por 1 a 1 com o lanterna.

Em Milão, no estádio Giuseppe Meazza, a Internazionale se reabilitou com a vitória por 2 a 1 sobre o Torino. O contestado, pela torcida interista, atacante argentino Mauro Icardi fez os dois gols - Andrea Belotti marcou para os visitantes - e colocou a sua equipe na 10.ª colocação, com 14 pontos.

Bem melhor na tabela de classificação, a Lazio goleou o Cagliari por 4 a 1, no estádio Olímpico, em Roma, e subiu para a quinta posição, com 18 pontos - um atrás do Milan, em quarto lugar. Por fim, Chievo Verona e Bologna empataram por 1 a 1, em Verona.