Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Em jogo com 4 pênaltis, Internacional vence Náutico e entra na zona de acesso

O Beira-Rio recebeu na tarde deste sábado o jogo mais polêmico do Campeonato Brasileiro da Série B até agora. O Internacional teve quatro pênaltis marcados - converteu dois - e o Náutico teve com dois jogadores expulsos. Resultado: vitória gaúcha por 4 a 2 na partida válida pela sexta rodada.

Com a segunda vitória seguida sob o comando de Guto Ferreira - a primeira diante da torcida -, o Inter chegou aos 11 pontos e entrou no G4. Já o Náutico continua sem ganhar e amarga a lanterna, com apenas dois pontos em seis jogos.

O primeiro tempo foi totalmente dominado pelo Inter, que abriu o placar aos nove minutos, quando William Pottker cruzou e Carlos completou de cabeça. Antes, o atacante já havia marcado, mas o árbitro assinalou impedimento. E mesmo na frente, os donos da casa continuaram em cima.

Tiago Cardoso salvou em finalizações de Carlos, Nico López e Edenílson. O primeiro chute do Náutico veio apenas aos 33 minutos com Vinícius. No último lance do primeiro tempo, Erick fez boa jogada e cruzou para a área. Danilo Fernandes saiu mal e Vinícius deixou tudo igual de cabeça.

Assim como no primeiro tempo, o Inter voltou com tudo do intervalo e marcou dois gols em 12 minutos. Aos seis, William Pottker converteu pênalti sofrido por Marcelo Cirino. Na sequência, em mais uma penalidade máxima, D'Alessandro ampliou. No lance, ao tentar tirar de carrinho, a bola acertou o braço de Nirley, que foi expulso.

Aos 18 minutos, Pottker caiu após dividida com Darlan e o árbitro assinalou mais um pênalti. Dessa vez, Tiago Cardoso defendeu cobrança de Marcelo Cirino. O Náutico ainda diminuiu aos 39 minutos em chute rasteiro de Iago. O Inter ainda perdeu mais um pênalti com Pottker e que Tiago Cardoso defendeu, mas Marcelo Cirino fez o quarto em finalização de primeira aos 47 minutos. O lateral Darlan ainda foi expulso, deixando o time pernambucano com dois a menos.

Os times voltam a campo na próxima terça-feira, pela sétima rodada. O Inter enfrenta o América-MG, às 21h30, na Arena Independência, em Belo Horizonte, enquanto o Náutico recebe o Paraná, às 19h15, na Arena Pernambuco.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 4 X 2 NÁUTICO

INTERNACIONAL - Danilo Fernandes; Edenilson, Danilo Silva, Léo Ortiz e Uendel; Rodrigo Dourado, Fabinho e D'Alessandro (Juan); William Pottker, Carlos (Diego) e Nico López (Marcelo Cirino). Técnico: Guto Ferreira.

NÁUTICO - Tiago Cardoso; David, Aislan, Nirley e Manoel; Darlan, Amaral, Rodrigo Souza (Giovanni), Erick e Gerônimo (Alisson); Vinícius (Iago). Técnico: Waldemar Lemos.

GOLS - Carlos, aos nove, e Vinícius, aos 44 minutos do primeiro tempo; William Pottker, aos seis, D'Alessandro, aos 12, Iago, aos 39, e Marcelo Cirino, aos 47 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Júnior (PR)

CARTÕES AMARELOS - Danilo Silva (Internacional); Rodrigo Souza, Nirley, Darlan, Vinícius e Gerônimo (Náutico).

CARTÕES VERMELHOS - Nirley e Darlan (Náutico)

RENDA - R$ 488.363.

PÚBLICO 20.310 pagantes.

LOCAL - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo