Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Ex-volante Dudu ganha busto no Palmeiras e brinca: 'Ficou mais bonito do que eu'

O ex-volante Dudu, craque do Palmeiras nas décadas de 1960 e 1970, está imortalizado na memória do torcedor do Palmeiras. Ele foi o sexto ídolo do clube homenageado com um busto nas alamedas do Palestra Itália. A homenagem foi realizada nesta segunda-feira, dia do aniversário do eterno camisa 5. "Não foi totalmente uma surpresa, mas não esperava que ficasse essa boniteza", elogiou o ex-jogador, que completou 77 anos.

O evento foi conduzido pelo presidente Paulo Nobre, que atribuiu a Dudu, juntamente com Ademir da Guia, grande parte das glórias da época em que o Palmeiras se tornou Academia.

O ex-jogador agora ocupa espaço nobre no clube ao lado de Junqueira, Waldemar Fiúme, Ademir da Guia, Oberdan Cattani e Marcos. A escultura foi colocada exatamente ao lado da figura de Ademir da Guia, com quem formou dupla no meio-campo palmeirense. O amigo e ex-colega de time também marcou presença no evento.

Dudu era um marcador incansável, mas também sabia jogar com a bola no chão. Quando encerrou a carreira, depois de ter conquistado nove títulos, assumiu o comando técnico do time e conquistou o Campeonato Paulista de 1976. "O fato de ter ficado 12 anos no Palmeiras e depois ter atuado como técnico marcou muito minha história. Fico feliz com essa homenagem", agradeceu.

Dudu só não tinha uma estátua no Parque Antártica porque enfrentou o Palmeiras quando atuava pela Ferroviária de Araraquara. A honraria era atribuída apenas aos grandes jogadores que nunca atuaram contra o Palmeiras. "Respeitei muito o Palmeiras mesmo quando atuei por cinco anos na Ferroviária. Isso foi levado em consideração para eu conseguir essa homenagem", afirma o ex-atleta.