Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Exame aponta lesão na coxa e Rafinha só voltará ao Cruzeiro em 2017

Apesar da festa pela classificação na Copa do Brasil, após a vitória sobre o Corinthians na quarta-feira, o técnico Mano Menezes teve ao menos um motivo para lamentar nesta quinta. Exames comprovaram uma grave lesão na coxa de Rafinha, que só voltará a atuar na próxima temporada.

Rafinha sentiu um problema muscular na perna esquerda logo no início da partida de quarta. Imediatamente substituído, ele foi submetido a exames que apontaram a gravidade da contusão. O tempo previsto para recuperação é de oito semanas, o que elimina qualquer chance de retorno ainda este ano.

"Rafinha saiu de campo com uma queixa de dor no músculo posterior da coxa esquerda. Foi medicado, iniciou prontamente o tratamento e fez uma ressonância magnética, na manhã desta quinta-feira, na qual foi detectada uma lesão importante nesta musculatura, o que demanda um tempo razoável de cicatrização. Podemos prever algo em torno de oito semanas para sua recuperação, o que efetivamente tira a possibilidade do atleta de voltar a atuar ainda nesta temporada", explicou o médico Sérgio Freire Júnior.

Apesar do diagnóstico ruim, o médico cruzeirense se mostrou otimista para o retorno do jogador já na pré-temporada de 2017. "Vamos tratá-lo, cuidar bem, recuperá-lo e fortalecê-lo para que ele possa fazer uma boa pré-temporada e tenha um bom início no ano de 2017."

Ao menos na quarta-feira, Rafinha foi muito bem substituído por De Arrascaeta. O uruguaio saiu do banco para substituir o titular e se tornou o destaque da partida ao dar uma assistência, sofrer um pênalti e marcar um gol na vitória por 4 a 2 sobre o Corinthians. Deve seguir dono da posição nas próximas partidas.