Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Exame mostra lesão no joelho direito e zagueiro do Santos passará por cirurgia

(Foto: Site Oficial Santos) - Exame mostra lesão no joelho e zagueiro do Santos passará por cirurgia
(Foto: Site Oficial Santos)

O Santos não poderá mais contar com o zagueiro Luiz Felipe pelos próximos seis ou sete meses. Nesta terça-feira, o jogador, que se lesionou no clássico contra o Palmeiras no último sábado, teve constatada através de uma ressonância magnética uma ruptura parcial do ligamento cruzado anterior do joelho direito. Para não correr risco de novas lesões no local, o departamento médico santista optou por fazer uma cirurgia para reconstruir o ligamento.

Luiz Felipe deve passar pela cirurgia ainda nesta semana para começar o tratamento o quanto antes. Desta forma, perderá o começo do Campeonato Paulista e da Copa Libertadores. "Luiz Felipe tem uma ruptura parcial do ligamento cruzado anterior. Esse tipo de lesão quando associado com instabilidade subjetiva ou objetiva nos testes ligamentares em atleta jovem, funciona como ruptura total. É indicada a reconstrução do ligamento cruzado, com prazo de recuperação de seis a sete meses", explicou o médico Rodrigo Zogaib, em entrevista ao site oficial do Santos.

Sem Luiz Felipe e Gustavo Henrique, que também só volta em 2017 por causa de uma lesão, o Santos tem três zagueiros de origem no elenco: David Braz, o argentino Fabián Noguera e Lucas Veríssimo. O volante Yuri também pode desempenhar a função. Bruno Leonardo, da equipe sub-20, é monitorado pela comissão técnica.

Em campo, a novidade desta terça-feira foi a presença de Vitor Bueno. O meia treinou com bola depois de se recuperar de uma lesão de grau 2 no músculo adutor da coxa esquerda. O jogador não mostrou limitações e deverá reforçar o Santos contra a Ponte Preta neste sábado, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

O técnico Dorival Júnior levou os reservas a campo na primeira atividade depois da vitória no clássico contra o Palmeiras. O volante Carlos Alberto e o zagueiro Lucas Áfrico, do Santos B, participaram do treinamento com os profissionais.