Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Feliz com volta aos gramados, Pedro revela mensagem de Tite antes de jogo do Flu

(Foto: Divulgação/CBF)  - Pedro revela mensagem de Tite antes de jogo do Flu
(Foto: Divulgação/CBF)

Assim como fez logo após a vitória por 2 a 0 sobre o Santa Cruz, conquistada na noite desta quarta-feira, no Maracanã, pela Copa do Brasil, o atacante Pedro, do Fluminense, voltou a comemorar o seu retorno aos gramados em entrevista coletiva concedida na tarde desta quinta, no CT tricolor, mas desta vez ele revelou que até recebeu uma mensagem de Tite, técnico da seleção brasileira, antes da partida contra o rival pernambucano.

"Estou feliz demais por esse retorno, superei esse momento complicado na minha vida, mas Deus e minha família me deram forças para superar. No dia seguinte, foi muito bom acordar e ver que voltei a fazer o que mais amo na vida, que é jogar futebol. Acordei feliz e espero que essa alegria permaneça", afirmou o atleta, sorridente, depois de amargar um período de oito meses afastado por causa de grave lesão no joelho direito.

Quando se lesionou durante um jogo do Fluminense contra o Cruzeiro, em agosto do ano passado, Pedro havia acabado de ser convocado para defender pela primeira vez a seleção brasileira. E ao ser questionado nesta quinta-feira se tinha esperança de brigar por um lugar no time nacional que disputará a Copa América no Brasil, entre os dias 14 de junho e 7 de julho, ele respondeu: "É claro que a gente sonha (em ser chamado para a competição). Quando parei, tinha sido convocado. Espero poder voltar. Tite me mandou mensagem dando força quando machuquei. Ontem, ele mandou de novo desejando bom jogo. Fiquei feliz".

DRAMA E AMADURECIMENTO - O atacante, por sinal, lembrou de como foi difícil descobrir que a sua lesão foi grave, o que só foi saber depois de ter sido submetido a exames, o que não foi possível perceber dentro de campo.

"Quando me machuquei, nem acreditava que seria tão sério. Infelizmente, aconteceu a pior lesão, de cirurgia. O primeiro mês foi bem difícil, mas consegui superar com o trabalho da fisioterapia, da preparação física, que me ajudaram muito. Procurei sempre deixar minha cabeça bem tranquila, me alegrar mesmo no momento complicado e consegui superar", ressaltou.

Pedro ainda destacou nesta quinta-feira que a lesão séria serviu como um instrumento para que ele crescesse na vida pessoal e profissional, pois o problema ocorreu quando ele vivia a melhor fase de sua carreira. "Amadureci muito nesse tempo. Estava num momento tão feliz na minha carreira antes de tudo acontecer, mas creio que vou voltar ainda mais forte. Serviu de aprendizado para valorizar o tempo dentro de campo, de fazer o que mais amo na vida. Consegui superar e creio que coisas melhores virão pela frente", previu.

E Pedro ainda enalteceu o fato de que o técnico Fernando Diniz adota um estilo de jogo ofensivo na equipe tricolor, o que o atleta acredita ser importante para ajudá-lo a ter sucesso neste seu retorno aos gramados.

"O Diniz gosta muito que o time dele jogue com a bola e para o atacante, não tem coisa melhor do que receber a bola redonda, facilita muito para a gente. Se adequar ao trabalho dele vai ser fácil, só se movimentar bastante fora da área que na hora que chegar a bola, vai chegar limpa, porque o time está trabalhando muito bem a bola e acho que vai ser fácil essa adaptação", analisou.

Depois de ter vencido o duelo de ida da quarta fase da Copa do Brasil por 2 a 0, o Fluminense poderá até perder por um gol no confronto de volta, na próxima quinta-feira, em Recife, para avançar ao estágio seguinte da competição.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo